Fechar
Absurdo!

Rapper revela ataques preconceituosos após se posicionar sobre o governo

Matuê postou prints de ataques racistas e xenofóbicos que recebeu após se posicionar contra o governo Bolsonaro

Aline TorresRepórter do EM OFF

O rapper Matuê recebeu diversos ataques de cunho xenofóbicos e racistas nas redes sociais após se posicionar contra o governo do presidente Jair Messias Bolsonaro. O músico publicou alguns desses ataques em que foi chamado de “macaco”, além de mensagens pejorativas por ele ser nordestino.

Matuê aproveitou as manifestações que ocorreram no Dia da Independência do Brasil (07) para deixar públicas suas próprias opiniões sobre o cenário político brasileiro. O recado foi direcionado para os adeptos ideológicos do atual presidente, que estavam fazendo manifestações por todo o país.

“Pra deixa bem claro, que não é questão de lado galera. Direita, esquerda, eu quero é que se fod@. Se tiver fazendo merda, a gente vai tá aqui pra falar, tá ligado? Pode ser outra pessoa ano que vem, se tiver fazendo merda, eu vou estar aqui falando, tá ligado? E mano, não vem com esse bagulho de ‘ah mano, tá muito estressadinho”, disse o cantor, em um dos trechos dos stories postados.

Após as falas, Matuê se pronunciou novamente, só que dessa vez no Twitter, afirmando que recebeu xingamentos racistas e xenofóbicos: “Fui passar a minha visão sobre o governo no insta e agora tô sendo chamado de tudo que tipo de xingamento racista e xenofóbico, tamo vivendo em ano ein 1950?”, desabafou.

Continua após a publicidade

Em outro tuíte, o cantor que é de Fortaleza disse que resolveu fazer um “limpa” nos seus seguidores, excluindo todos que ele considerava preconceituosos: “Hoje eu promovi uma limpa desse povo véi ruim no meu insta racistas, homofóbicos, machistas, xenofóbicos por favor não me siga obrigado”.

“E quando eu fui expor essas peste o insta ainda ameaçou derrubar minha conta”, disse em outro tuíte ao falar que estava tentando expor os casos de preconceito contra ele. Logo em seguida, postou dois prints contendo mensagens de pessoas o atacando. O primeiro disse: “Pobres e comunistas. Negros, pobre e careca. Tu é um macaco mesmo e ainda mora no nordeste kkk”, disse o homem.

“Kkkkk macaco”, disse o segundo homem que Matuê decidiu expôr no print publicado por ele no Twitter. Além dos ataques, o rapper também recebeu muitas mensagens de apoio de fãs que concordam ao afirmar que quem gosta de rap e hip hop, não compactua com as atitudes do atual presidente da república, Jair Bolsonaro.

A indignação do rapper Matuê se deu após as manifestações do dia 7 de setembro, o Dia da Independência do Brasil, em que o presidente Bolsonaro instigou manifestações a favor do fim do Supremo Tribunal Federal (STF), com impeachment dos ministros, além de defender a intervenção militar, sendo todos esses atos antidemocráticos, que vão contra o que rege a Constituição Federal brasileira.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo