Fechar
Prêmio

Rennan da Penha recebe homenagem como jovem relevante à juventude

Rennan da Penha afirmou que os jovens do Rio e Janeiro precisam de orientação

Augusto ViannaRepórter do EM OFF

Rennan da Penha é um dos DJ mais famosos no Rio de Janeiro na atualidade. Dentro do cenário musical, o jovem de 27 anos, morador comunidade do Cruzeiro, carrega na bagagem diversos sucessos, como “Vem Amor”, parceria com Ludmilla, “Modo Turbo”, feat. de Luísa Sonza com Anitta e Pabllo Vittar e o mais recente “Sextou” com a poderosa. 

Na manhã desta segunda-feira (23), a Câmara Municipal do Rio de Janeiro prestou homenagem a Rennan como reconhecimento pelos serviços prestados aos jovens da sociedade. Neste mês, o DJ usou as redes sociais para anunciar o seu mais novo projeto dentro do Complexo da Penha. Ele instalou cinco pontos com ração e água para os cães de rua do local.

Ele escreveu:  “Fé rapaziada, estou muito feliz por estar realizando esse projeto, consegui instalar 5 pontos com comedouros e bebedouros para os cachorros aqui do complexo da Penha. Breve estarei realizando um projeto de castração dos cachorros de rua”.

Ao EM OFF, Rennan disse como foi receber o prêmio e a importância disto. “Foi algo mágico, não só para mim, mas para todo a minha comunidade. Fico muito feliz em estar sendo visto pelas pessoas que fazem algo por nós, e podem mudar a nossa realidade. Precisamos de quem nos apoie e nos oriente a crescer. Cada vez mais os jovens no Rio estão sem acesso a orientação e o que puder fazer, nós faremos”, disse.

Continua após a publicidade

Além de Rennan da Penha, outro jovem também receberá moções. Trata-se de Rennan Leta, de 26 anos, jornalista de um dos maiores portais relacionados a temas sociais dentro da comunidade ao lado de Renè Silva, que tornou-se um dos comunicadores mais influentes, após ganhar o público relatando os problemas que as comunidades do Rio de Janeiro enfrentam no dia a dia. 

“É muito gratificante ver o trabalho sendo reconhecido. O Favela em Desenvolvimento vem lutando muito, mesmo sem apoio, para transformar a realidade das nossas comunidades. Quanto mais jovens conseguirmos formar, melhor. A juventude precisa ser enxergada não só como o futuro, mas também como a solução para o nosso presente”, disse Leta.

O DJ carioca passou por maus bocados em 2019, quando foi preso acusado por tráfico de drogas no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio. Recebeu apoio da classe artística na época, inclusive da Ludmilla. Rennan venceu o Prêmio Multishow de Canção do Ano com o hit “Hoje Eu Vou Parar na Gaiola”. Na ocasião, toda a plateia presente  pediu liberdade ao carioca. 

Em todo o mundo, no mês de agosto, é definida uma agenda de mobilização internacional construída a partir de jovens de diversos países promovida pelo Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas (UNICEF\ONU), que tem como objetivo discutir as políticas públicas voltadas às juventudes e seus territórios a partir dos municípios.

No Rio de Janeiro, a Secretaria de Juventude do Município (JUVRio) já começou a celebrar o mês municipal das juventudes e, por isso, já estão acontecendo diversas ações que destacam e dão protagonismo aos jovens da cidade.