Fechar
Treta fiscal!

Shakira fraudou R$97 milhões de impostos, afirma Receita espanhola

Justiça espanhola comprovou que a cantora não pagou os impostos devidos entre os anos de 2012 e 2014

Aline TorresRepórter do EM OFF

Um relatório realizado pela Agência Tributária (Receita Federal) da Espanha, constatou que Shakira fingiu não morar no país entre os anos de 2012 e 2014. Segundo o órgão, ela escondeu sua renda por meio de empresas, deixando de pagar 14,5 milhões de euros (cerca de R$ 97 milhões) em impostos.

Segundo o UOL, os técnicos da Receita espanhola acrescentaram no relatório que a defesa da cantora havia dito que ela passou menos de 184 dias na Espanha por conta de shows e trabalhos na televisão, portanto, não teria obrigação de pagar tributos ao país europeu.

Com os dados do relatório, foram convocadas as duas partes para que “prestassem depoimentos e explicassem sobre os direitos e deveres das obrigações tributárias de Shakira” no dia 8 de julho, é o que afirma o jornal da Espanha “El Periódico de Catalunya”.

O Ministério Público já havia registrado uma queixa contra a cantora colombiana e seu assessor fiscal nos Estados Unidos no final de 2018, alegando seis crimes cometidos contra a Receita. O MP afirma que a diva pop elaborou métodos para o não pagamento das tributações devidas, empenhando seu dinheiro arrecadado em empresas locadas em paraísos fiscais.

Continua após a publicidade

Shakira chegou a devolver 14,5 milhões de euros devidos, mas ainda afirmou, quando deu depoimento ao juiz, que nas datas em que esteve na Espanha, não tinha obrigação de pagar os impostos. A cantora ainda disse realmente vivia no exterior por fazer shows e apresentar o “The Voice” nos Estados Unidos.