Fechar
polêmica

Tatá Werneck detona Dayane Mello após modelo desdenhar de brasileiros

Apresentadora do “Lady Night” criticou declarações da participante de “A Fazenda 13” em que classifica brasileiros como “baixos”

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

As atitudes de Dayane Mello em “A Fazenda 13” seguem repercutindo fora do reality show da Record TV. Após pegar uma faca e rasgar a jaqueta de Rico Melquiades, a ex-participante do ‘Grande Fratello VIP”, versão italiana do “Big Brother Brasil”, desdenhou dos brasileiros em conversa com Valentina Francavilla, na sede do programa, localizada em Itapecerica da Serra (SP).

A modelo revelou que não se considera mais brasileira e classificou seus conterrâneos como pessoas “mentirosas”. “Eu não me sinto mais brasileira. Eu sou bem mais europeia do que brasileira, não me sinto mais nesse nível de descaramento. [Eles] fingem que são amigos”, disparou a famosa, enquanto a ex-assistente de palco do Ratinho Valentina Francavilla, que é italiana, a observava em silêncio.

A fala de Dayane Mello repercutiu de forma negativa nas redes sociais. Tatá Werneck, apresentadora do talk show “Lady Night”, do Multishow, se mostrou revoltada com as palavras da participante de “A Fazenda 13”. A humorista relembrou o fato de no primeiro semestre do ano ter feito campanha para que a brasileira se tornasse a campeã do Grande Fratello VIP.

Durante sua participação no reality show italiano, Dayane foi alvo de xenofobia e ataques de cunho homofóbico após protagonizar um beijo com outra mulher em rede nacional. À época, brasileiros saíram em defesa da atual participante de “A Fazenda 13” e se uniram para torná-la campeã do reality show internacional. Ela, no entanto, ficou em quarto lugar na competição.

Continua após a publicidade

“A gente aqui é baixo, mas fomos te defender sem nem saber se você estava certa, só pelo fato de ser brasileira. Briguei com alguns italianos por sua causa”, desabafou Tatá Werneck ao se deparar com a declaração polêmica da modelo. A equipe de Dayane Mello emitiu um comunicado em que denuncia ataques contra a peoa e ameaça de processo os responsáveis pelos episódios de ódio.

A participante de “A Fazenda 13” passou a ser alvo de críticas e pedidos de expulsão após pegar uma faca na cozinha para cortar a jaqueta de Rico Melquiades. A Record TV avaliou a cenas e julgou não ser cabível a desclassificação da peoa, pois a mesma não ameaçou a integridade física do concorrente. Ela, no entanto, teria sido alertada sobre o uso do objeto doméstico.

“Hoje à tarde, após os últimos acontecimentos no programa “A Fazenda 13”, a equipe jurídica da participante Dayane Mello já coletou todos os fatos e provas (links, prints, e-mails, directs de todas as redes) para o ingresso de medidas judiciais cabíveis, nas esferas civil e criminal“, iniciou a equipe da modelo, que justificou possíveis consequências que os ataques possam trazer para a famosa.

“Não estamos justificando a atitude impensada, de uma pessoa que estava tendo o seu espaço invadido, entretanto não podemos aturar as fake news que estão sendo geradas após os últimos eventos e tão poucos ataques a integridade física da participante Dayane e equipe. Uma atitude errônea de impulso, tomada pela própria não pode gerar ou desencadear uma série de notícias falsas, ameaças de todos os tipos e discurso de ódio”.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff