Fechar
REVIRAVOLTA

TMZ afirma que pai de Britney Spears desistiu de ser tutor da cantora

Por meio de sua defesa, Jamie Spears disse que não quer travar uma batalha com a filha

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O site norte-americano TMZ publicou na tarde desta quinta-feira (12) que Jamie Spears, pai da cantora Britney Spears, desistiu de ser tutor da artista. Em documentos enviados pela sua defesa ao tribunal que julga o caso, Jamie afirma que quer ajudar na transição para um novo tutor, além de reforçar que não quer travar uma batalha judicial com a filha.

Mesmo sendo o senhor Spears o alvo incessante de ataques injustificados, ele não acredita que uma batalha pública com a sua filha sobre seu serviço como tutor dela seria de seu interesse“, dizem os documentos. “Assim, embora ele deva contestar esta petição injustificada para sua remoção, o senhor Spears pretende trabalhar com o tribunal e com o novo advogado de sua filha para preparar para uma transição ordenada para um novo tutor“.

A decisão do pai de Britney marca uma reviravolta no caso. No mês passado, a Justiça dos Estados Unidos negou o pedido da artista internacional de remover seu pai da função de controlar sua tutela. Essa decisão se refere a um pedido da defesa da cantora, feito em novembro do ano passado a um tribunal de Los Angeles, para que acabasse com o controle de Jamie Spears sobre o patrimônio dela.

Em seu pedido, Britney disse que estava “com medo de seu pai” e queria que ele fosse removido como seu único tutor. Jamie controla a vida e os bens da filha desde 2008. Embora o pedido tenha sido negado, a decisão não foi uma resposta ao testemunho explosivo de Spears no tribunal na semana anterior à resposta do tribunal.

Continua após a publicidade

Em um depoimento de 23 minutos, a estrela disse que foi drogada, forçada a atuar contra sua vontade e impedida de ter filhos. “Eu só quero minha vida de volta“, disse ela, por telefone, ao pedir ao tribunal o fim de sua tutela. No entanto, a Justiça não pode proferir uma decisão com base em sua declaração até que ela entrasse com uma petição formal para rescindir o acordo.

Entenda

Em fevereiro de 2008, um juiz da Califórnia concedeu ao pai de Spears, a pedido dele mesmo, o controle das finanças da cantora e de sua vida pessoal. O pedido ocorreu depois de que a estrela do pop foi internada duas vezes para exames psiquiátricos e por abuso de substâncias. De acordo com o jornal El País, a relação entre a artista e seu pai sempre foi muito problemática.

A cantora luta desde 2014 para se livrar da custódia a seu pai, que soma dois divórcios e teve problemas com o álcool, além de acusações de maus-tratos. Em agosto de 2019, o próprio Jamie alegou problemas de saúde para se retirar dos assuntos pessoais da tutela de sua filha. Mesmo assim continuou controlando o dinheiro da filha.

Os bens e as propriedades de Britney Spears somam uma fortuna que supera os 60 milhões de dólares, o equivalente a cerca de R$ 300 milhões. O acordo permite a seu pai receber 16.000 dólares mensais (cerca de R$ 80 mil) como salário, enquanto limita o gasto de sua filha a 2.000 dólares (R$ 10 mil) mensais.

Tags Relacionadas: