Fechar
FALOU DEMAIS

VAZOU: Empresário massacra Simaria e duplas que não se suportam

Empresário de Eduardo Costa e Leonardo, detonou Simaria e revelou as duplas que se odeiam. O áudio repleto de informações acabou vazando

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Paulo Tear, contratante de shows na Bahia e empresário do ramo artístico, desabafou sobre as duplas que não se suportam e mesmo assim cumprem seus compromissos. O profissional teve um áudio vazado, divulgado por Léo Dias, falando sobre os cantores que se odeiam e mesmo assim marcam presença nas agendas e fazem o trabalho com maestria. Sobrou até para Simaria, envolvida recentemente em polêmicas com a irmã Simone Mendes.

“Se eu sou prefeito, eu desconto um valor. Não tenho nada a ver com a briga das duas. Zezé Di Camargo e Luciano se odeiam, mas cumpriram todos os contratos cantando juntos. Bruno e Marrone se odeiam, mas cantam juntos, entende? Esses cão nenhum, não gostam de ninguém. Agora, não vir cantar com o cachê lá em cima? Êpa, pera ae!”, disparou Paulo Tear em áudio. Léo Dias, jornalista das celebridades, divulgou parte da conversa em sua coluna no Metrópoles.

Com a língua afiada, o empresário disparou alfinetando: “Cachê é R$ 400 mil, R$ 200 é custo, nota fiscal, banda, carreta… já era. Que a banda vem completa. Dos outros R$ 200, é R$ 100 de cada ‘negrinha’. Me dá o R$ 100 dessa aqui não vai não, vai ficar aqui. Não vai cantar. Ou vai ficar em casa e ainda vai receber o cachê? Vai se lascar”.

O áudio na íntegra diz que Bruno e Marrone, assim como Zezé Di Camargo e Luciano, não se suportam. Simaria Mendes, dupla com Simone, afastada dos shows por motivo de saúde também não deveria receber seu pagamento. Paulo Tear, que fez o desabafo indignado, é empresário de Leonardo e Eduardo Costa no Nordeste.

Continua após a publicidade