Fechar
HOJE EM DIA

Veja como estão atualmente cantores de sucesso de antigamente

O EM OFF relembra como estão hoje em dia cantores e artistas que fizeram sucesso nas décadas de 1970, 80 e 90

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

Algumas canções são inesquecíveis e embalam momentos importantes das vidas das pessoas ao redor do mundo. Enquanto cantores e artistas como Madonna, Rick Astley, Bee Gees e ABBA colecionam sucessos ao longo de suas carreiras, seus fãs e seguidores colecionam memórias que essas músicas ajudam a cravar em suas almas.

O EM OFF abriu o baú da nostalgia e resolveu investigar como grupos e cantores do passado estão hoje em dia. Muitos deles seguem na carreira musical, mesmo após tantas décadas na estrada. Outros já deixaram a música para trás e se recordam com carinho desses momentos.

Desireless

Desireless alcançou a fama com o sucesso “Voyage Voyage” (Reprodução)

A cantora francesa Claudie Fritsch-Mentrop, mais conhecida como Desireless, fez sucesso no final da década de 1980 com o sucesso “Voyage Voyage”, que alcançou o topo das paradas de todo o mundo. Ela lançou diversos álbuns, como “François”, em 1989, e “I love you” em 1994. O mais recente deles é o disco “Desireless Chante Apollinaire”, lançado em 2017. Aos 68 anos, costuma compartilhar imagens de frutas e legumes de sua horta no seu perfil no Instaram, mostrando que leva uma vida simples e saudável.

Continua após a publicidade

Rick Astley

“Never Gonna Give You Up” foi o single mais vendido em 1987 (Reprodução)

O artista britânico Rick Astley é o responsável pela canção “Never Gonna Give You Up”, um dos maiores clássicos dos anos 1980. Lançado em 1987, o single foi o mais vendido no Reino Unido naquele ano. Dois anos depois, Rick foi indicado ao Grammy Award na categoria Melhor Novo Artista do Ano. O cantor lançou dez álbuns em toda a carreira, o mais recente deles em 2019 (The Best of Me). Anos 55 anos, Rick continua vivendo da música e fazendo shows no Reino Unido.

Bonnie Tyler

“Total Eclipse Of The Heart” é o maior sucesso de Bonnie Tyler (Reprodução)

A cantora Gaynor Hopkins, que usa o nome artístico Bonnie Tyler, nasceu no País de Gales em 1951. Seu primeiro single, “Lost In France”, foi foi sucesso nas paradas do Reino Unido, Europa, África do Sul e Austrália, mas foi apenas nos anos 1980, com o megahit “Total Eclipse Of The Heart”, que alcançou o estrelato. Em mais de 40 anos de carreira, lançou quase 20 discos, sendo o mais recente deles “The Best is Yet to Come”, lançado este ano.

ABBA

O ABBA colecionou sucessos nas décadas de 1970 e 1980 (Reprodução)

O grupo formado em Estocolmo em 1972 é formado por Agnetha Fältskog, Björn Ulvaeus, Benny Andersson, e Anni-Frid Lyngstad. O ABBA foi um dos maiores colecionadores de sucessos das décadas de 1970 e 1980, como as canções “The Winner Takes it All”, “Mamma Mia” e o hit “Dancing Queen”. O último dos oito discos de estúdio foi lançado em 1981 (chamado The Visitors). Em 2020, os quatro integrantes ensaiaram um retorno, inclusive com músicas inéditas, mas o projeto foi adiado devido à Covid-19. No Instagram, os integrantes costumam compartilhar momentos inesquecíveis da carreira.

Bee Gees

Após morte dos irmãos, Barry Gibb continua na carreira musical (Reprodução)

O grupo formado pelos irmãos Barry, Robin e Maurice Gibb nasceu na cidade de Brisbane, na Austrália, em 1958. Com uma mistura de pop, rock, disco e até country, a banda atuou por décadas e coleciona sucessos, como o álbum “Saturday Night Fever”, que vendeu 42 milhões de cópias. “Stayin’ Alive” e “How Deep Is Your Love” são outros hits do grupo. Barry é o único do trio que está vivo. Maurice Gibb morreu em 2003 após um ataque cardíaco e Robin Gibb morreu em 2012, após uma pneumonia. Em homenagem aos irmão, Barry Gibb continua na carreira musical.

Madonna

Madonna é uma das artistas mais icônicas da música (Reprodução)

Uma das artistas mais famosas do pop mundial, Madonna coleciona sucessos no decorrer de mais de 30 anos de carreira, incluindo “Like a Virgin”, “Live to Tell”, “La Isla Bonita”, “Like a Prayer”, “Vogue”, “Frozen”, “Music”, “Hung Up” e “4 Minutes”. Incansável e influência para diversas artistas da nova geração, ela continua fazendo shows e gravando discos. O álbum mais recente é o “Madame X”, lançado em 2019. Madonna é a artista feminina mais bem sucedida de todos os tempos segundo o livro de recordes mundiais Guinness.

Cher

“Believe” é o maior sucesso da cantora Cher (Reprodução)

Cherilyn Sarkisian, a Cher, é uma das cantoras mais premiadas. Ela já ganhou um Oscar, um Grammy, um Emmy, três Globos de Ouro e um Cannes. Começou na carreira em 1963 e hoje, aos 75 anos, continua em atividade. É dona de sucessos como “Believe”, “Woman’s World”, “Bang Bang”, entre muitos outros. Já lançou mais de 25 discos, sendo o mais recente deles intitulado “Dancing Queen”, de 2018. Atuou em filmes de sucesso, como “O Feitiço da Lua” (1987), “Minha Mãe É uma Sereia” (1990) e “Mamma Mia! Lá Vamos Nós De Novo” (2018).

Cyndi Lauper

“Time After Time” e “Girls Just Want to Have Fun” são sucessos da cantora (Reprodução)

A norte-americana Cynthia Ann Stephanie Lauper-Thornton, ou só Cyndi Lauper, começou na música em 1977, mas explodiu no mundo todo na década de 1980, com sucessos como “Time After Time”, “Girls Just Want to Have Fun”, “True Colors”, “The Goonies ‘R’ Good Enough”, entre outras. Continua na carreira musical e seu disco mais recente foi lançado em 2016, chamado “Detour”. Em 2014, fez uma turnê ao lado de Cher chamada “Dressed To Kill Tour”. Assim como Madonna, é considerada um dos ícones da música pop.