Fechar
Polêmica

VÍDEO: Camila Loures tenta limpar imagem após acusar motorista

A influenciadora, de 27 anos, acusou um motorista da Uber de tê-la expulso do carro durante uma corrida e acabou expondo a identidade do profissional

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

Camila Loures apareceu nos stories na noite desta quinta-feira (19) para esclarecer e dar sua versão da polêmica em que se envolveu nesta semana. A influenciadora, de 27 anos, acusou um motorista da Uber de tê-la expulso do carro durante uma corrida e acabou expondo a identidade do profissional. Diante dessa situação, os internautas acabaram criticando a youtuber e ela se calou diante do assunto, mas hoje, ela decidiu posicionar.

“Vim esclarecer a situação de ontem, que a galera já está criando outras coisas, e eu vim esclarecer pras pessoas que me seguem e me conhecem”, iniciou Camila. “Primeiramente, o motorista não foi afastado do aplicativo -a própria Uber respondeu muita gente no Twitter. Quando eu e minha equipe procuramos a Uber, eu deixei bem claro que não era esse o intuito, mas que a gente estava levando a situação”, disse.

Segundo Camila, após revelar a identidade do motorista, ela não teve a intenção de fazer o rapaz perder o emprego. “Foi uma situação chata que eu nunca tinha vivido… Gente eu não fui arrogante. Eu ainda brinquei, ‘olha está nevando em São Paulo, tem como fechar o vidro?’ e ele falou ‘não’. Eu expliquei que pedi o Uber black porque tem ali a opção do ar. Ele falou ‘protocolos do Covid. Vou parar o carro e você pede outro carro’”, explicou.

“Então, eu não fui arrogante hora nenhuma, mas de qualquer forma não deveria ter exposto ele. Me desculpa motorista, me desculpa a todos que se sentiram ofendidos com ele. Na hora eu realmente fiquei assustada e quando postei… Depois logo vi que não era assim que era assim que resolvia eu apaguei e fui resolver onde tinha que resolver”, continuou ela.

Continua após a publicidade

Camila também justificou que se mudou há pouco tempo para São Paulo e que ainda estava se adaptando. “Foi só um desabafo, não imaginei que ia ter a proporção que teve. Pra quem nao sabe eu sou de Belo Horizonte, aqui tenho meu carro, minha estrutura. Me mudei pra São Paulo há um mês e poucos dias, ainda não tenho o meu carro, não tenho uma estrutura. Peguei um Uber como já peguei outras vezes e nunca tinha vivido uma situação bem perto dessas.”

A influenciadora ainda negou ter crescido com privilégios. “Não é sobre ser mimada, ter ouvido não, não é sobre nunca ter pego ônibus lotado, passei a minha infância e adolescência inteira pegando ônibus lotado. Já recebi muito não e mesmo assim fui atrás do meu sim pra fazer acontecer na minha vida, e não é sobre ser mimada, gente é sobre simplesmente eu ter sido expulsa de um carro numa rua que não tinha a mínima ideia de onde era”.

Após a polêmica, a empresa de motoristas de aplicativos, Uber, se pronunciou. “Gostaríamos de esclarecer que o motorista parceiro segue ativo na plataforma. Este caso ainda está em análise, dado que em todos os casos ouvimos ambas as parte para entender melhor o que aconteceu. Seguimos um processo rigoroso, a fim de garantir que todos os envolvidos tenham direito de serem ouvidos”, disse.