Fechar
HOMOFOBIA É CRIME

VÍDEO: Padre xinga casal de jornalistas da Globo e pratica homofobia em missa

Erick Rianelli e Pedro Figueiredo, casal de jornalistas e contratados da Globo, foram xingados por líder religioso durante missa

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Um vídeo assustador do Padre Paulo Antônio Müller está assustando os fieis da igreja católica e internautas. Durante a missa na Paróquia de Tapurah, no Mato Grosso, o líder religioso fez ataques homofóbicos aos jornalistas Pedro Figueiredo e Erick Rianelli, repórteres da Globo.

O que mais impressiona na história é que os ataques e palavrões foram proferidos durante a Pastoral da Família realizada no último domingo (13). O Padre Paulo Antônio Müller criticou os casais gays e chamou os jornalistas Pedro Figueiredo e Erick Rianelli, esposo e também repórter da Globo, ambos de “viadinhos”.

Padre Paulo disparou durante a Pastoral da Família: “Pega a Bíblia e olha o Livro Gênesis: Deus criou o homem e a mulher. Isso que é casamento. Que chame a união de dois viados e de duas lésbicas de qualquer coisa, mas não de casamento, por favor. Isso é falta de respeito para com Deus”.

O religioso ainda debocha dos membros da Paróquia de Tapurah: “Por favor, que esta não seja a sua cabecinha também, tá? Nem do seu filho, nem da sua filha”. Pedro Figueiredo e Erick Rianelli da Globo foram chamados de ridículos pelo senhor no vídeo.

Erick Rianelli já havia desabafado sobre outro ataque homofóbico que recebeu de um empresário. O motivo dos ataques foi a declaração de amor ao vivo, no Dia dos Namorados, durante a transmissão de um telejornal da Globo, causando insatisfação em alguns telespectadores.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo