Fechar
Viralizou

Wesley Safadão e pastor se pronunciam após polêmica

Wesley Safadão e pastor André Vitor se manifestam após polêmica viralizar nas redes sociais e religioso ser acusado por internautas

Aline TorresRepórter do EM OFF

O cantor Wesley Safadão se pronunciou nos stories após a polêmica envolvendo o pastor e amigo André Vitor, que também se defendeu das acusações numa entrevista para a coluna de Fábia Oliveira no jornal O Dia. O pastor alegou ter mania de puxar a camisa por estar acima do peso.

Tudo começou com um vídeo postado pelo artista no perfil do Instagram em que o pastor aparece “abraçando” uma criança por trás, que acaba se desvenciliando para continuar curtindo a brincadeira que estava acontecendo no momento.

Logo em seguida, André arruma a camisa, puxando para baixo. Internautas alegam que ele tentava esconder uma possível “excitação”. Após o vídeo viralizar, o nome de Wesley Safadão foi parar nos trending topics do Twitter nesta segunda-feira (26)

Wesley afirmou que não consegue entender o que está acontecendo com a internet e que, o que ele chamou de “juízes da internet”, deveriam parar com a cultura do cancelamento. Ele ainda disse que tem o pastor como uma pessoa de total confiança e afirma ser uma injustiça o que estão fazendo com ele. E ainda falou da mania do religioso em puxar a camisa.

Continua após a publicidade

“O André é uma pessoa que eu amo demais, uma pessoa de nossa total confiança”, continuou a dizer o cantor. “É uma pessoa maravilhosa, que só faz o bem com as pessoas. A gente conhece o André tem mais de 7 anos” revelou ainda o cantor enquanto mostrava o Instagram do amigo”.

Já André Vítor afirmou que possui a mania de puxar a camisa para tentar esconder que está acima do peso e disse ainda que possui várias provas disso, como fotos fazendo a mesma pose: “Posso te mandar dezenas de fotos e vídeos que eu estou nesta mesma posição (de puxar a camisa pra baixo). Estou acima do peso e isso é uma mania minha (para evitar que a barriga fique à mostra)”.

Uma grande loucura e injustiça que já está sendo acompanhada por uma equipe criminal, por tentarem manipular uma situação contra mim sem sequer saberem quem sou. Os pais da criança, que são praticamente meus irmãos, e eu, estamos todos juntos pra não levarem isso mais à frente, porque é uma maldade sem precedentes comigo, que só planto o bem e tenho total familiaridade e amor”.

“Somos todos família e, principalmente, com uma criança que não pode jamais ter esse estigma de assediada, porque é muito bem tratada e amada por todos nós. Estamos todos muito indignados”, relatou ainda o religioso, que também é escritor.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo