Fechar
Treta!

Whindersson Nunes e Felipe Neto trocam farpas na web: ‘Próprio Jesus’

Whindersson Nunes e Felipe Neto trocaram farpas na internet por causa de auxílio à times de futebol e internautas comentaram

Aline TorresRepórter do EM OFF

Uma troca de farpas entre Whindersson Nunes e Felipe Neto movimentou a internet na manhã desta sexta-feira (10). A confusão começou depois que o perfil “Bacalhau da Zoeira” fez uma publicação afirmando que, já que Felipe Neto e Marcelo Adnet ajudaram financeiramente o Botafogo, o comediante deveria ajudar o Vasco da Gama:

“No Botafogo, Felipe Neto e Marcelo Adnet ajudaram financeiramente a contratar o lateral Rafael, um bom reforço pra sequência do campeonato. Tá na hora do Whindersson Nunes gastar seus milhões com o Vasco, juntar com outro vascaino famoso e trazer o Coutinho de volta”, escreveu o perfil do Twitter, que recebeu em seguida a resposta de Whindersson:

“Tô financiando uma pesquisa pra um motor adaptado pra motorizar qualquer tipo de cadeira de rodas, e um dispositivo que deixa uma mancha fluorescente nos buraco das estradas pra ninguém se acidentar à noite, já que não tapam os buracos. Não vou gastar nada com time, só torcer”, comentou o comediante.

O jornalista José Passini resolveu entrar na história e fez alguns comentários que incomodaram Whindersson e que, inclusive, foram deletados por ele mesmo: “Por isso tu é corno”, e em seguida: “Mas fica o registro do dia em que entramos na mente do homem que se negou a ajudar o Vasco da Gama”.

Continua após a publicidade

O ex-marido de Luísa Sonza ficou perturbado e deu a entender que processaria o jornalista: “Vou entrar na tua mente de um jeito q tu não vai esquecer, vcs vão ver um jeito bom de entrar na mente, serviço comunitário esse seu tuite vai te render”. Logo em seguida, Felipe Neto entrou na história e defendeu Zé Passini:

“Quem quiser falar mal do Passini terá que me derrubar primeiro. Irmão, tu vai ter mais advogado que o Eike Batista”, escreveu Felipe Neto no Twitter. O youtuber ainda relatou que também ajuda causas sociais: “Investi quase um milhão de reais na criação do Instituto VERO de educação digital. Criei o movimento ‘Cala a boca já morreu’, de apoio para pessoas perseguidas por opinião. E vou gastar em time, sim”.

Whindersson não deixou barato e respondeu: “Parabéns, é o próprio Jesus”. e em seguida fez uma nova publicação: “O cara dá um jeito de entrar em tudo”. Um internauta afirmou que se o humorista não ajudasse o Vasco da Gama, ele ficaria do lado de Zé Passini. Logo o ex-marido de Luísa Sonza respondeu: “Vamo botar ele pra limpar os banheiro do vestiário do Vasco, é minha contribuição príncipe”.

Internautas ficaram divididos entre os dois influenciadores. Alguns apoiaram o auxílio à times de futebol e enquanto outros elogiaram a ajuda às causas sociais. No fim, os dois pararam de trocar farpas e apenas os seguidores continuaram discutindo a situação no Twitter. Confira alguns tweets sobre a polêmica:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo