Fechar
IMPOSTOS DEVIDOS

William Bonner e outros 20 globais são investigados pela Receita Federal

O jornalista William Bonner e ao menos 20 outros jornalistas e artistas globais foram autuados pela Receita Federal

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A operação da Receita Federal que investiga possíveis irregularidades em contratos profissionais de artistas da Globo e outras emissoras alcançou novo nomes. O jornalista William Bonner e ao menos 20 outros jornalistas e artistas globais foram as novas “vítimas”.

A informação é da coluna de Ricardo Feltrin, no UOL. A Receita Federal investiga se artistas e as emissoras estão em conluio para reduzir o pagamento e a possível sonegação de imposto por meio da chamada “pejotização”.

Nesse esquema, em vez de serem contratados por carteira-assinada, os profissionais optam por contratos por meio de suas empresas pessoais. Isso lhes dá a liberdade de exercer outros trabalhos durante o período do contrato, porém, para a Receita, é uma forma de reduzir alíquotas e sonegar impostos.

No ano passado, 43 artistas foram autuados e receberam notificações do fisco com a exigência de esclarecimentos sobre a relação que mantêm com a Globo. Entre esses nomes, estão o ator Malvino Salvador e a atriz Maria Fernanda Cândido.

Ainda segundo a coluna, todos os autuados estão recorrendo. Além desses 43 e do jornalista William Bonner, ao menos mais 20 outros âncoras, jornalistas e artistas globais já receberam multas do Fisco.

Apesar da Globo de representar boa parte dos investigados, há artistas e jornalistas de outras emissoras entre os acusados, como Record, GloboNews, CNN Brasil e SBT.

Outro lado

À coluna, o advogado e especialista Alexandre Luiz Monteiro explicou que “o simples fato dos serviços artísticos ou intelectuais serem prestados por meio de pessoa jurídica não poderia ser fundamento para autuação” por parte da Receita.

Em nota, a Globo disse que “não comenta questões relacionadas a procedimentos administrativos, próprios ou de terceiros, mas esclarece que todas as formas de contratação praticadas pela empresa, inclusive em relação ao jornalista William Bonner, estão dentro da lei e todos os impostos incidentes são pagos regularmente“.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo