Fechar
Fim dos tempos?

Yasmin Brunet diz que nova pandemia e meteoro marcarão 2022

Modelo resolveu desabafar sobre as coisas que acredita que irão acontecer entre 2022 e 2023

Aline TorresRepórter do EM OFF

A modelo Yasmin Brunet conseguiu deixar os internautas preocupados e em alerta nesta segunda-feira (03) depois de algumas postagens que fez nos stories do Instagram. A esposa do surfista Gabriel Medina interagiu com os seguidores e respondeu questionamentos sobre o que ela aguarda para 2022. A famosa disse acreditar que o novo ano será repleto de “coisas negativas”.

“Você acha que coisas negativas vão acontecer esse ano?”, quis saber um internauta, que recebeu um longo texto como resposta: “Complicado falar sobre isso sem ter gente reclamando depois porque eu deixei a galera preocupada… Mas vamos lá”, iniciou a modelo, já sabendo que suas falas poderiam causar polêmica nas redes sociais.

“Já falei sobre isso algumas vezes, sim esse ano acredito infelizmente que teremos muitos desastres naturais, muita gente vai passar fome e teremos falta de água potável. Fora isso, esse ano ou ano que vem, acredito que teremos uma pandemia que vai ser mil vezes pior do que essa… Desculpa gente, mas digo isso por tudo o que venho pesquisando”, disse ainda a modelo.

“Não precisam acreditar e se acreditarem, não entrem na noia e no medo porque a mídia já tá fazendo a parte dela para termos essa paranoia coletiva. Não se deixem levar”, concluiu Yasmin no primeiro texto que publicou. A esposa de Gabriel Medina não parou por aí. Ela continuou a falar sobre o assunto nos stories seguintes.

Continua após a publicidade

“Também acho que entre esse ano e o ano que vem teremos quarentenas e por isso, uma crise econômica… Isso é o que posso dizer”, relatou a modelo. No storie seguinte, Yasmin resolveu dar uma dica de um filme que é sucesso na Netflix e já é um dos mais assistidos da plataforma de streaming. “Não Olhe Para Cima” fala sobre o negacionismo e interesse apenas no dinheiro depois de uma tragédia natural ser anunciada.

“Só peço que vocês não fiquem com medo. Só isso. Se vocês assistirem ao filme ‘Don’t Look Up’ [Não Olhe Para Cima] no Netflix, vocês vão entender muita coisa. Apenas assistam esse filme… E já vejam a programação sobre o suposto meteoro que vai passar perto da terra em janeiro…”, finalizou a modelo, filha de Luíza Brunet.

Romantização familiar

No ano passado, Yasmin Brunet desabafou e causou polêmica nas redes sociais ao comentar o caso do menino Henry. A esposa de Gabriel Medina afirmou que a sociedade brasileira tem que parar de romantizar as relações familiares. Ela comentou que que pessoas podem ter problemas mentais e, por isso, supostamente poderiam fazer mal a um filho.

A modelo fez uma série de publicações sobre a romantização dos relacionamentos familiares, colocando as palavras em cima de um print sobre uma matéria sobre a morte do menino Henry. “O brasileiro tem que parar urgentemente de romantizar relacionamentos familiares. Não existe ‘mãe é mãe’. Só porque você deu a vida a uma pessoa, não te dá o direito de fazer o que quiser , muito menos tirar essa vida”, começou.

“Por causa dessa romantização de relacionamentos familiares, crianças morrem na mão dessas “mães” e elas ainda tem essa carta branca. Ninguém nem ouve a criança. Temos que proteger e não assumir o que é ou não é. Acredite na criança que falar pra você que está sofrendo abuso em casa”, disse ainda a filha da Top Model Luíza Brunet, que ainda continuou com o desabafo.

“Pessoas com distúrbios sérios também tem filhos. Não esqueçam disso. Inclusive eu acho que umas das coisas mais importantes a se ensinar nas escolas seria como lidar e reconhecer esses comportamentos em geral nas pessoas. Os distúrbios de personalidade principalmente. São coisas seríssimas que você infelizmente vai acabar lidando na sua vida seja com parceiros, amorosos, amigos, chefes de trabalho, etc… Você não tem que aceitar jamais nenhum a tipo de abuso ou falta de respeito”, finalizou Yasmin.