Fechar
Entenda

Yasmin Brunet é hospitalizada e preocupa seguidores

A modelosurgiu no hospital nesta quarta-feira (04). Por ter compartilhado uma foto no local, ela preocupou os fãs

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

A modelo Yasmin Brunet, de 33 anos, surgiu no hospital nesta quarta-feira (04). Por ter compartilhado uma foto no local, ela preocupou os fãs. Antes da foto, a ex-esposa do surfista Gabriel Medina comentou que estava “acabada” depois de ter pulado o carnaval no Rio de Janeiro, na Sapucaí, local em que vários famosos marcaram presença no último final de semana.

Apesar da foto, Yasmin Brunet não tocou no assunto e na imagem apenas apareceu seu braço com uma sonda em que ela deveria estar tomando algum tipo de medicação na veia. Depois da publicação misteriosa, passados alguns minutos a loira voltou a postar outros assuntos nos stories e até abriu uma caixinha de perguntas para falar da sua festa de aniversário, que acontece em junho.

Recentemente, a modelo decidiu falar abertamente sobre sua saúde mental em forma de desabafo nas redes sociais. Após dar espaço para questionamentos dos fãs, Yasmin falou da ansiedade que sofre e problemas com insônia. Em uma das perguntas, um dos seguidores quis saber se ela gostava de falar sobre saúde mental, e a modelo respondeu:

“Acho super importante. Tenho ansiedade, insônia, tive depressão com 13 anos e algumas vezes depois disso. Devemos falar cada vez mais sobre saúde mental. Não pode ser um tabu”. Mais um fã comentou que não gosta de ver Yasmin sofrer os ataques que recebe diariamente, e a filha de Luíza Brunet desabafou a respeito dos julgamentos:

Continua após a publicidade

“Eu, sinceramente, fiquei impressionada em como a grande maioria dos brasileiros é machista, principalmente as mulheres. É muito difícil ser mulher no Brasil. Confesso que também já estou ficando de saco cheio. Inclusive, vou processar quem continuar espalhando histórias mentirosas a meu respeito. Já deu.”

Quando foi casada com Gabriel Medina, a família do atleta nunca aceitou Yasmin. Mesmo depois do término dos dois, o amigo de Neymar contou que não se aproximou dos familiares. “Estou em uma nova fase, mais maduro, resolvendo minhas coisas. Mas não tenho falado muito com eles e tento dar tempo ao tempo. É o melhor remédio”, disse em entrevista para o UOL.