Aos 59 anos

Zezé Di Camargo abre o jogo sobre ser pai novamente: ‘Ainda posso’

Cantor disse que, apesar de já ter passado pelo processo de vasectomia há mais de dez anos, ainda pode ter filhos

Danilo Reenlsober
Repórter do EM OFF

O cantor sertanejo Zezé di Camargo realizou em São Paulo na última sexta-feira (8) um show para a gravação de seu DVD acústico “Rústico”. O artista subiu ao palco sem a presença do irmão, Luciano, que tem investido na música gospel. A apresentação contou com a participação da filha, Wanessa Camargo, e da namorada, a influenciadora Graciele Lacerda. Na ocasião, ele falou sobre ser pai novamente.

Em entrevista ao programa Fofocalizando, do SBT, levada ao ar nesta segunda-feira (11), o sertanejo deu mais detalhes sobre a vontade de ser pai novamente. De acordo com o cantor revelou que, apesar de já ter passado pelo processo de vasectomia há mais de dez anos, ainda pode ter filhos. Zezé, que tem 59 anos, está noivo de Graciele, de 41, há cerca de 15 anos, desde que se separou de Zilu, sua ex-esposa.

Ao programa de fofocas comandado por Chris Flores, Zezé disse que “tem treinado” frequentemente, mas que a gravidez só pode acontecer de forma artificial. “Treinando sempre”, brincou. “O melhor de ser papai é o treinamento. Sou vasectomizado há 14 anos, mas ainda posso ser pai, tenho vários ‘zezézinhos’ guardados na clínica, mas não temos pressa [de engravidar]”, disse o artista.

Marcando presença na gravação do DVD do companheiro, a influenciadora Graciele Lacerda ressaltou que o casal já deu início ao processo de fertilização in vitro, mas que, até agora, os procedimentos realizados não deram certo. “Já fizemos o processo de fertilização duas vezes e não deu certo, estamos indo pra terceira tentativa, mas vamos treinando enquanto isso”, brincou a noiva do músico.

O projeto solo de Zezé di Camargo intitulado “Rústico” foi desenvolvido por ele durante a pandemia. Enquanto isso, Luciano Camargo se dedicou à carreira gospel. Com um total de 27 músicas, 20 são releituras e 7 são inéditas. “Eu gosto de cantar o que me emociona, então este repertório está bem assim. Mesmo as músicas que foram indicadas por outras pessoas são as que me emocionam muito”, disse ele, na coletiva realizada na sexta.