Fechar
Polêmica!

Ilha Record: Antonela afirma que vai processar Lucas por xenofobia

Ex-BBB divulgou nota após episódio exibido no último final de semana

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

O “Ilha Record” segue sendo cenário para barracos dentro e fora do confinamento. Após o último episódio levado ao ar pela Record TV no final de semana, Antonela Avellaneda decidiu processar Lucas Selfie por xenofobia depois da exibição de um depoimento do ex-pânico, que foi eliminado do programa.

O participante do reality show de sobrevivência e mistério apresentado por Sabrina Sato disse que Antonela deveria “voltar para a Argentina”. Na ocasião, Lucas criticou a postura da ex-BBB no jogo após aliança com Pyong Lee, com quem disputou o desafio de sobrevivência e acabou deixando a sede principal.

Na manhã desta segunda-feira (09), após consultar seus advogados, Antonela Avellaneda decidiu entrar com uma ação contra Lucas Selfie por xenofobia. A modelo é natural de La Plata, em Buenos Aires, e se tornou famosa no Brasil após sua participação na quarta edição do reality show de confinamento da Globo.

Por meio das redes sociais, a assessoria de imprensa de Antonela emitiu uma nota confirmação o processo. “Mediante a comentários de cunho xenofóbico promovido por alguns participantes em relação a Antonella no programa ‘A Ilha’, a mesma com sua equipe de assessoria, declaram que é inconcebível nos dias de hoje uma pessoa ser julgada por sua origem“.

Continua após a publicidade

Devemos nos esforçar para sermos conscientes e não nos deixar levar por preconceitos internalizados, mesmo diante de situações de embates pessoais“, diz. O comunicado segue com a equipe da ex-BBB afirmando que a atitude de Lucas Selfie não será esquecida e que vai tomar medidas legais contra o ex-Fazenda.

Essa situação vem para ilustrar o quanto é necessário ampliar o nosso olhar diante da diversidade, nos desprendendo de estereótipos, até mesmo os criados por conta da rivalidade no futebol. O mundo mudou, as pessoas mudaram e essa atitude não será mais tolerada“. Medidas legais serão acionadas de acordo com o Código Penal Brasileiro (Art. 140 parágrafo 3o.), cuja pena pode chegar a três anos de reclusão“, concluiu.

Por meio de aspas divulgadas nas redes sociais, Antonella ressalta que ela não foi a primeira participante de reality show a sofrer com comentários xenofóbicos. “Não sou a primeira participante de reality show a ser hostilizada pela sua origem. Isso infelizmente é um ato recorrente, mas que não deve mais acontecer”.

O EM OFF tentou contato com a assessoria de Lucas, mas nossos telefonemas não foram atendidos. No “Ilha Record”, Lucas Selfie foi indicado pela maioria da casa para disputar o desafio de sobrevivência contra Pyong. No entanto, o apresentador acabou perdendo e foi para a caverna do exílio, onde protagonizou uma intensa discussão com Dinei assim que entrou no local em que ficam os eliminados.