CHAMOU A ATENÇÃO

‘Pantanal’ choca o público ao exibir cenas reais de queimadas; assista

Imagens levadas ao ar nesta terça-feira (28) foram captadas entre os meses de agosto e novembro de 2020

Danilo Reenlsober
Repórter do EM OFF

A novela “Pantanal”, sucesso do horário das 21h da TV Globo, surpreendeu e chocou parte do público ao exibir cenas que mostram o bioma brasileiro sendo atingido por um incêndio de grandes proporções. Nas imagens que foram ao ar nesta terça-feira (28), não é possível só ver a mata sendo consumida pelas chamas, mas também animais mortos e rios secos devido ao intenso calor.

Na sequência levada ao ar pela emissora carioca, o Velho do Rio (Osmar Prado), entidade que protege a mata, tenta apagar as chamas, mas sem sucesso. “Esse fogo vai se espaiá… Vai transformar a terra numa fornalha. Vai matá tudo o que vê pela frente… Eu não posso deixá esse fogo. Eu tenho que acabá com ele”.

Além do peso das imagens em si, o que surpreendeu é que algumas delas não são fruto da ficção: são reais, gravadas durante um grande incêncio que atingiu o local em 2020, o maior em 14 anos na região, e que matou cerca de 17 milhões de animais. Nas rades sociais, telespectadores e até mesmo atores do folhetim se manifestaram sobre as cenas.

“Eu amo quando uma novela deixa de ser só um entretenimento e tem o poder de fazer críticas, cutucar uma ferida e trazer uma visão de ensinamento pra quem assiste. as cenas do desmatamento são fortes, mas reais. que novela!”, elogiou um internauta. “As queimadas do #Pantanal não são coisa só de novela. É real, é grave e precisa ser combatida com a seriedade que necessita”, reforçou a atriz Dira Paes.

O biólogo e diretor do Science Vlogs Brasil, que realiza divulgação científica, Hugo Fernandes, aproveitou a oportunidade para dar mais detalhes sobre as imagens que chocaram o público. “Essas cenas de fogo que vcs estão vendo agora no Pantanal são do Lawrence Wahba, Bruna Luchese, Ernane Junior e Cesar Leite. Eu estava lá em algumas cenas. Mas não era novela. É tudo real. E ainda dói”.

Michel Coeli, diretor e roteirista, antecipou em sua rede social que a novela da TV Globo usou imagens de um documentário gravado no Pantanal. “Hoje a novela Pantanal exibiu várias cenas do bioma sendo queimado, algumas das imagens são minhas, do meu filme que em breve será lançado. Feliz por contribuir com a novela e poder ajudar contar essa história que foi e é muito dramática”.

Toda a sequência envolvendo o fogo e a destruição do Pantanal não existe na versão original da novela, produzida na década de 1990 na Rede Manchete. O texto original de Benedito Ruy Barbosa foi alterado pelo autor, Bruno Luperi, neto do escritor original, para mostrar como os incêndios, muitas vezes criminosos, têm destruído o ecossistema brasileiro.

Um estudo realizado por pesquisadores de 14 instituições brasileiras e internacionais, entre elas a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e as Universidades Federais do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, indicou que cerca de 39 mil quilômetros quadrados da área do Pantanal foram queimados entre os meses de agosto e novembro de 2020, o que levou a morte de 16.952 milhões de animais vertebrados.