Fechar

“Baianinho” das Casas Bahia diz que é paulista e gera revolta