Fechar
audiência da TV

‘A Favorita’ estreia na liderança de audiência e público repercute

Novela de 2008 pela primeira vez é reprisada no “Vale a Pena Ver de Novo”

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

A Globo estreou “A Favorita” no “Vale a Pena Ver de Novo” e liderou a audiência da TV aberta nesta segunda-feira (16). Protagonizada por Cláudia Raia e Patrícia Pillar, a novela originalmente exibida entre junho de 2008 e janeiro de 2009 foi a escolhida para substituir a reprise de “O Clone” em seus últimos capítulos na faixa criada para relembrar folhetins de sucesso da emissora.

Exibida entre 17h05 e 17h30, a estreia da trama escrita por João Emanuel Carneiro marcou 16,5 pontos de média, de acordo com dados prévios obtidos e divulgados pelo site TV Pop. A novela teve pico de 18,1 e 32,5% de share. O resultado é mais que o dobro da Record, que ficou na vice-liderança com o “Cidade Alerta”. O programa polciail é comandado por Luiz Bacci.

No mesmo horário, a Band ocupou a terceira colocação com o “Brasil Urgente” (4,6). Assim como a concorrente, a atração apresentada por José Luiz Datena repercutiu a prisão de Paulo Cupertino, assassino do ex-ator de “Chiquititas” Rafael Miguel. O SBT amargou a quarta colocação com a novela mexicana “Mar de Amor” (3,8). A TV Cultura ficou em quinto lugar com a programação infantil (0,7).

As demais emissoras não pontuaram de forma significativa. Cada ponto equivale a 74.666 mil domicílios e representa 205.755 mil indivíduos na Grande São Paulo, principal praça para o mercado publicitário no Brasil. Os números podem sofrer alterações para mais ou para menos no consolidados que será divulgado no próximo dia útil.

Continua após a publicidade

Apesar de ser uma das tramas mais pedidas para o “Vale a Pena Ver de Novo”, a Globo nunca escalou “A Favorita”. Em participação no “Encontro” de hoje, Claudia promoveu a estreia e confessou nunca ter entendido o motivo que a novela não foi reprisada antes. Ela também abriu detalhes sobre a criação da personagem Donatela, além de contar que teve que mudar o seu jeito para viver a protagonista.

“Quem me preparou foi o Cacá Carvalho. Chamei ele pra me ajudar, porque é um papel denso e difícil. E a primeira coisa que ele falou foi: ‘Eu quero tirar a sua bunda’. Eu falei: ‘Como assim?! Como tirar meu bumbum nessa altura do campeonato?’. A Donatela veio do nada, né? Era muito pobre, comia areia e terra quando era criança e foi adotada pela família da Flora (Patricia Pillar) porque os pais dela morreram em um acidente”, contou.

“Uma vida dura, difícil, uma mulher rústica. E tina que tirar esse glamour, esse meu andar de bailarina, essa coisa sinuosa que e tenho no meu corpo. Ela [Donatela] era destra, e eu sou canhota. E o Cacá me fez fazer tudo com a mão direita. E é estranho! Quando você pega no garfo vira uma coisa mais rústica. Uma coisa que você não tem domínio”, revelou a mãe de Enzo e Sophia.

Nas redes sociais, o público repercutiu a estreia de “A Favorita” para o “Vale a Pena Ver de Novo”. “A sequência inicial de A Favorita com essa montagem paralela da Flora e da Donatela acordando, uma na prisão e a outra numa mansão, tudo ao som de um tango, é sem dúvida uma das melhores aberturas de primeiro capítulo de novela”, disse Dario Pato. “É tão gostoso acompanhar uma história boa e bem contada.”, falou Bárbara Saryne.