Fechar
EM BAIXA

Alan Severiano espanta público e ‘Jornal Hoje’ registra recorde negativo na audiência

Cobrindo as férias de César Tralli, o âncora substituto não está conseguindo manter os bons números do titular no Ibope

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Há apenas uma semana longe da bancada do “Jornal Hoje”, César Tralli já tem deixado muita gente, tanto dentro quanto fora da Rede Globo, com saudade. Além dos telespectadores que simplesmente “abandonaram” o telejornal junto com o âncora titular, os executivos da emissora dos Marinho, mais do que nunca, tiveram a certeza de que o melhor para a atração jornalística é o retorno do marido de Ticiane Pinheiro, que ainda possui mais alguns dias de férias pela frente.

Isso porque, com Alan Severiano, a edição do “Jornal Hoje” desta terça-feira (21), não conseguiu manter os bons índices de audiência que vinham sendo alcançados nos últimos dias e acabou registrando um recorde negativo. Embora tenha conseguido se manter na liderança, o telejornal da emissora dos Marinho perdeu uma quantidade significativa de telespectadores e ainda beneficiou a Record TV, sua principal concorrente.

Segundo dados consolidados divulgados pelo portal TV Pop, sob comando do substituto de Tralli, o “Jornal Hoje” de ontem fechou com 9,7 pontos de média na Grande São Paulo. O resultado em questão foi tão ruim para a Rede Globo, que representa o pior desempenho do noticioso em uma terça-feira desde fevereiro, quando marcou 8,7 pontos e perdeu a liderança para a Band, que exibia uma partida válida pelo Mundial de Clubes.

A situação do apresentador substituto fica ainda mais complicada quando os números das edições anteriores são analisados de uma outra maneira. Ao comparar os resultados registrados nas últimas quatro terças-feiras, quando o “Jornal Hoje”, ainda estava sob comando de César Tralli, fechando média de 12,7 pontos, com o alcançado ontem, nota-se uma perda de expressivos 24% dos telespectadores.

Continua após a publicidade

Por conta do péssimo desempenho da atração jornalística, sobrou até para a novela “O Cravo e a Rosa”, que marcou 13,3 pontos de média na capital paulista, o que representa a perda cerca de 15% de seu público. A Record TV, que não tem nada com isso, acabou conseguindo aproveitar o momento ruim da concorrente, registrou 6,6 pontos e cresceu 5% com a transmissão “Balanço Geral”.