ACABOU

Ana Furtado faz carta aberta após ser dispensada pela Globo

Ana Furtado, apresentadora e esposa de Boninho, deixou a Globo. Após 26 anos de vínculo, a famosa não faz mais parte do casting

Adriel Marques
Repórter do EM OFF

Ana Furtado, atriz e apresentadora, não faz mais parte do elenco seleto global. Por meio das redes sociais, a mulher de Boninho, diretor da Globo emitiu um comunicado e agradeceu a passagem pelo canal carioca. Sua última aparição foi no Super Dança dos Famosos 2022, sob o comando de Luciano Huck. A estrela conseguiu ir longe no reality show e se destacar no programa. A notícia de última hora sobre o desligamento da empresa, pegou os seguidores e telespectadores de surpresa

“Que a vida continue me surpreendendo sempre. E que venha o início do resto da minha história”. Há uma semana escrevi isso já ciente de que, de fato, chegou um lindo momento de recomeço pra mim. Depois de 26 anos de uma parceria muito feliz, cheia de aprendizado, respeito e sucesso, me despeço da Globo. Há tempos penso em partir para novos sonhos, e no começo desse ano, senti que era a hora de dar esse passo”, escreveu Ana Furtado.

“Conversei com essa empresa que tanto me deu, que me ouviu, respeitou meu desejo e, com muito carinho, me pediu para fazer a passagem de bastão para o novo time do É de Casa, um projeto que ajudei a construir e que agora ganhou novos ares. O que fiz com muito amor. Ganhei ainda um presente lindo: o convite do Domingão, que me deu um final quase poético: comecei nessa emissora dançando, na abertura da novela Explode Coração em 1995, e terminei assim, dançando e feliz, na final do Dança dos Famosos. Mais eu, impossível!”, complementou Furtado.

Sem papas na língua, Ana Furtado falou sobre o tempo que se dedicou, como contratada da Globo: “Escolhi passar por tudo isso e fechar esse ciclo para me despedir. Saio com a certeza de que sempre me doei por inteiro, com dedicação e alegria em tudo que fiz aqui, seja como atriz ou apresentadora. O mais lindo? O carinho e amor que recebo de vocês me mostra que tudo marcou não apenas a minha vida, mas a vida de muita gente. Desde o Ponto a Ponto em 1996, do Caça Talentos de 1997, os 8 anos do inesquecível Vídeo Show, novelas, seriados e minissérie”.

“Ou até mesmo nos momentos em que eu, com muito orgulho, fui escolhida para comandar os programas das minhas amigas Angélica, Ana Maria Braga e Fátima Bernardes. O que para mim sempre foi um motivo de orgulho e reconhecimento de meu trabalho. Agradeço demais essa empresa que tanto me deu e que não apenas respeitou esse desejo, mas se mostrou de portas abertas para futuros projetos. Chegou a hora de seguir. De colocar novos sonhos em prática. Sigo feliz! Nos vemos em breve”, finalizou.