Fechar
Gafe

Ana Maria “confunde” emoji de trans grávido com homem gordo

Apresentadora foi corrigida pelo repórter Cauê Fabiano no "Mais Você"

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Ana Maria Braga cometeu uma gafe no “Mais Você” exibido na manhã desta quinta-feira (30). Ao receber o repórter Cauê Fabiano para comentar a novidade dos emojis, a apresentadora das manhãs da Globo se trabalhou e confundiu uma das novas figurinhas que chegarão aos celulares nos próximos meses.

Enquanto o repórter explicava o significado de alguns emojis, Ana Maria o interrompeu e lançou o questionamento: “E esses rapazes, aqui?”. Prontamente, Cauê explicou para a apresentadora que se tratavam de figuras que representam homens trans e pessoas não-binárias, o que surpreendeu a apresentadora.

“Isso é muito interessante porque volta na questão de diversidade. Esses podem ser interpretados como homens trans grávidos ou pessoas não-binárias”, explicou o profissional. Ao vivo, a contratada da Globo, então, cometeu a gefe ao revelar que havia confundido as figurinhas como homens gordos.

“Achei que fosse só [homem] gordinho, mas não é”, disse Ana Maria Braga. “A primeira questão é essa definição de homem trans grávido”, reforçou Fabiano, que também afirmou que o ícone pode sair atribuído a homem gordo. Logo em seguida, a dupla focou em outras figuras, como por exemplo, a de um príncipe, vacina e até de de trolls, desviando do assunto levantado anteriormente. “Eu adorei conhecer os novos emojis”, declarou a famosa.

Continua após a publicidade

Apesar de ter sido apresentada como uma novidade, a chegada dos novos emojis foram confirmados no dia 14 de setembro, ou seja, há duas semanas. A Unicode Consortium, famosa organização responsável por padronizar os códigos dos ícones, anunciou 37 novas representações e a versão 14.0 para celulares e computadores.

No início da semana, Ana Maria Braga repetiu pauta sobre mulheres que apostaram nos macarons e construíram negócios lucrativos. Por dois dias seguidos, a apresentadora mostrou histórias semelhantes e passou informações sobre o surgimento do doce na Itália, e sua popularização na França.

“[ontem] Nós mostramos duas histórias de quem tá ganhando dinheiro vendendo macaron, um doce feito de farinha de amêndoa, e que faz muito sucesso na França. Nós descobrimos que fazer e vender macaron não é só um negócio caseiro“, disse a apresentadora, antes de exibir a matéria na terça-feira (28).

Após mostrar a matéria repetida para o público, Ana Maria Braga justificou o mesmo assunto em curto intervalo de 24 horas. “Viu como pode ser um excelente negócio? A Valquíria [personagem da reportagem] desde a primeira venda, em 2014, já vendeu quase 4 milhões de macarons. A empresa dela já tem 55 funcionários, mas por causa da pandemia eles tiveram que fechar por 90 dias. Quando reabriram, o negócio cresceu 50%”.

Cauê Fabiano e Ana Mria Braga apresentam novos emojis (Foto: Reprodução/Globo)

Tags Relacionadas: