Fechar
Sem papas na língua

Âncora do SBT se irrita após ter salário questionado por fã

Márcia Dantas apontou tom de ironia em questionamento de seguidor

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Âncora do “SBT Brasil”, Márcia Dantas não economizou nas palavras após ter sido questionada por um fã sobre o seu salário na emissora de Silvio Santos. A jornalista, que atualmente está de férias no Rio Grande do Sul, ocupa a bancada do principal noticiário da rede ao lado de Marcelo Torres desde setembro de 2020 quando Rachel Sheherazade foi demitida.

A ex-repórter do “Primeiro Impacto” e queridinha de Marcão do Povo apontou tom de ironia na seguinte pergunta do seguidor: “Como é bom ganhar bem né, Márcia? Deus te abençoe muito”. A observação foi o suficiente para deixar a contratada do SBT irritada. Na ferramenta Stories do Instagram, ela rasgou o verbo e ressaltou suas batalhas para manter determinado padrão de vida.

“Vamos lá: graças a Deus sou bem remunerada de acordo com a minha função e não tenho do que reclamar. Mesmo assim, não sou de ostentar nada. Dinheiro não aceita desaforo. Quero um dia não me preocupar com isso. Por enquanto me organizo, economizo sim, faço renda extra para poder bancar a minha felicidade. Achei a sua frase com tom de ironia. Mas vou aceitar a sua ‘benção’. Espero que Deus continue me abençoando muito, com saúde, força de vontade e fé. Compartilho aqui só um recorte da minha vida.”

Márcia Dantas também é empresária do ramo de roupas de dormir. A empresa da âncora foi criada no período da crise sanitária no Brasil. “Você não sabe da missa a metade. Não sabe o quanto trabalhei para ter tudo o que tenho hoje. Espero que sua vida também seja abençoada para que consiga olhar pra vida dos outros com mais amor e menos inveja”, concluiu a profissional, que recentemente “atropelou” fala do colega na bancada do “SBT Brasil”.

Continua após a publicidade

Em entrevista ao colunista Fefito, do UOL, Márcia Dantas abriu o jogo sobre sua promoção no SBT. “Foi uma transição natural. Eu amo fazer os dois. O ‘Primeiro Impacto’ me deu experiência e poder de improviso, num jornal com mais de três horas de duração. O telespectador começou a conhecer quem era a Márcia ali, não só a jornalista. Os comentários opinativos as diversas vezes que me emocionei me aproximaram do público. Agora, quando me vem na bancada, alguns ainda pedem para eu sorri mais.”