Fechar
Programa de TV

Após perder patrocinadores, Sikêra Jr. pede desculpas ao vivo

Apresentador da RedeTV! foi muito criticado por falas homofóbicas

Bruno PintoRepórter do EM OFF

O apresentador Sikêra Júnior continua dando o que falar. Após o lamentável discurso destilando ódio contra os gays, chegando a chamá-los de “raça desgraçada”, Sikêra Jr confessou que se excedeu e pediu desculpas ao vivo durante apresentação do programa Alerta Nacional, da RedeTV!.

Na última terça-feira (29), Sikêra Jr decidiu se pronunciar a respeito de sua fala homofóbica. Logo no início do telejornal, o apresentador pediu desculpas aos que se sentiram ofendidos pela forma que disse, mas fez questão de manter sua opinião a respeito da campanha publicitária do “Burguer King”.

Agora eu quero falar com você. Você que diz que não assiste a esse programa, mas essa mensagem vai chegar até você que se sentiu ofendido. Você que se sentiu ofendido, eu lhe peço perdão. Extrapolei como nunca, revoltado com o que vi naquele comercial e continuo contra e aconselhando todos os meus amigos: Não passa nem na frente!”, disse.

A minha opinião continua a mesma. Mas para você quem se sentiu ofendido, o que posso fazer agora, como humano, como pai de família, como um homem de bem, como respeitador, é dizer assim: Me perdoe. Minha opinião continua a mesma. Viva a família brasileira”.

O pedido de desculpas veio logo após a grande repercussão negativa que o caso gerou. Como consequência da atitude preconceituosa, o apresentador perdeu diversos patrocinadores importantes. Ao menos seis empresas já anunciaram que deixaram de patrocinar o programa:  MRV, TIM, Magazine Luiza, Hapvida, Kicaldo e Novo Mundo.

Durante apresentação do Alerta Nacional, Sikêra Júnior opinou de forma preconceituosa a respeito de uma campanha publicitária feita pela rede de fast-food Burguer King. Com palavras duras e ofensivas contra a comunidade LGBTQIA+, o apresentador criticou o vídeo publicitário onde crianças falam com naturalidade sobre a diversidade sexual.

Vocês são nojentos. A gente está calado, engolindo essa raça desgraçada, mas vai chegar um momento em que vamos ter que fazer um barulho maior. Deixa a criança crescer, brincar, descobrir por ela mesma. O comercial é podre, nojento. Isso não é conversa para criança“.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo