Fechar
caso de polícia

Apresentador do SBT cai em golpe do WhatsApp e perde bolada

Criminosos se passaram por filho do comunicador

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Os golpes envolvendo transações através do Pix e WhatsApp estão cada vez mais frequentes. Carlos Massa, o Ratinho, é a mais nova vítima dessa modalidade que tem prejudicado milhares de brasileiros. Na maioria das vezes, os criminosos enviam mensagens e se passam por familiares do alvo para conseguirem dinheiro em questão de segundos. No caso do apresentador do SBT, o prejuízo foi de R$ 50 mil.

Durante o “Programa do Ratinho”, o comunicador afirmou ter recebido uma mensagem através do aplicativo no nome do seu filho pedindo uma transferência para resolver imprevistos nos Estados Unidos. O apresentador transferiu a importância solicitada sem prestar atenção nos detalhes de checagem, como por exemplo, ligar para o filho para saber se a abordagem não se tratava de um golpe virtual aplicado por pessoas mal intencionadas.

“Perdi R$ 50 mil. Um vagabundo se passando pelo meu filho usou a foto dele, mas com um número de telefone diferente, disse que estava nos Estados Unidos e estava precisando de dinheiro”, contou o comunicador, que chegou a desconfiar da maneira com que o “falso filho” pediu dinheiro. Ele solicitou que o criminoso atendesse suas ligações, mas teve como resposta que o aparelho não dava para fazer chamadas.

Mesmo desconfiado, Ratinho fez uma transferência inicial de R$ 35 mil. Logo depois, após novas trocas de mensagens, ele transferiu mais R$ 15 mil. “Ele disse que o telefone que estava usando não dava para fazer ligação. Perguntei: ‘Que telefone é esse?’. Ele me falou que foi um telefone que arrumou de urgência. Acabei mandando R$ 35 mil e depois mandei mais R$ 15 mil, agora quero que esse vagabundo vá para o inferno”, revoltou-se.

Continua após a publicidade

É o segundo assalto que Ratinho sofre em uma semana. No último dia 17 de dezembro, o apresentador do SBT teve sua mansão localizada no bairro Altos da Lapa, em São Paulo, invadida por um grupo de assaltantes. O local é utilizado pelo comunicador como escritório e estúdio de gravação. O EM OFF noticiou que o famoso não estava no local no momento da ação dos bandidos.

De acordo com Luiz Bacci, do “Cidade Alerta”, da Record TV, cinco criminosos tinham o controle do portão do imóvel e deram voz de assalto aos funcionários que estavam local. Pelo menos um deles estaria armado com um fuzil. Os funcionários do comunicador foram amarrados e deixado na residência. A Polícia Civil de São Paulo segue investigando para descobrir as identidades dos envolvidos.

A Polícia Civil informou que a quadrilha realizou transferências de dinheiro via Pix, além de usar máquinas especializadas para extorquir valores. De acordo com o colunista Flávio Ricco, do portal R7, Milene Pavorô e a cantora Beth Guzo estavam na mansão no momento da ação dos bandidos. Ratinho usava o local para fazer seu programa de rádio. Além de ser apresentador do SBT, ele é dono da Rede Massa e rádios no Paraná.

Tags Relacionadas: