Fechar
Direitos

Autor diz que Globo não paga por reprises de novelas: ‘Não recebo nada’

Marcílio Moraes atualmente está no ar com a reprise de "Sonho Meu"

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

A reprise de “Sonho Meu” estreou em julho pelo canal Viva e tem deixado a alta cúpula do Grupo Globo animada com o alcance de público diariamente. No entanto, Marcílio Moraes, autor da novela, não está nada feliz com o retorno da história à TV. Isso porque, o mesmo não recebe dinheiro da Globo com a reapresentação do folhetim.

Marcílio relata que o atual modelo de contrato da Globo determina que os autores só recebam valores quando a novela é exibida na TV aberta. No caso de “Sonho Meu”, reapresentada na TV por assinatura e disponível no serviço de streaming Globoplay, só resta ao escritor acompanhar o folhetim de 1993.

“Agora vejam vocês. A novela arrebata 2,8 milhões de pessoas por minuto. E eu não ganho nenhum centavo por esta exibição. Temos que mudar isso. É uma questão grave esta. A Globo só paga para os autores por reprises na própria Globo”, pontuou o também o dramaturgo em entrevista ao colunista Flávio Ricco, do portal R7.

Marcílio diz que apesar do veto de cachê previsto em contrato para reapresentações das obras na TV por assinatura, a Globo paga valores pelas vendas internacionais. “É o que rezam os contratos. Não recebo nada por estas exibições, nem de ‘Sonho Meu’ no Viva, nem de ‘Roda de Fogo’ no Globoplay. Nada”, alfinetou.

Continua após a publicidade

Além da denúncia feita contra a Globo, o autor de “Sonho Meu” ressaltou que tem lutado para que o atual modelo de contrato da emissora seja mudado. Oficialmente, a Globo não comentou as declarações do dramaturgo, mas anunciou nesta terça-feira (31) a reprise de “O Clone” no “Vale a Pena Ver de Novo”.

Em países da Europa, as emissoras de TV pagam os autores por reapresentações de suas obras. Apesar de no Brasil essa questão não ser praticada pelas produtoras de novelas, Marcílio Moraes garante que não vai parar. “No Brasil, ainda não conseguimos. Mas chegaremos lá”, disse ele, à publicação.

É a primeira vez desde a sua estreia original em 1993 que “Sonho Meu” está sendo reprisada na TV (entre paga e aberta). A novela estreou em 12 de julho e desde então tem deixado o canal de reprises do Grupo Globo na vice-liderança no ranking de audiência, considerando todos os canais da TV fechada.

A novela protagonizada por Carolina Pavanelli e Patrícia França alcançou mais de 2,8 milhões de pessoas por minuto entre 12 de julho e 23 de agosto, de acordo com dados do Mercado Nacional celebrados pelo canal Viva. Além disso, a obra conseguiu o feito de 233 mil pessoas por exibição dos capítulos.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: