Fechar
VEM MAIS POR AÍ

Band ‘copia’ Globo e confirma versão do ‘MasterChef’ para idosos

Caso o planejamento seja realmente colocado em prática, a emissora paulista irá transmitir quatro versões do reality show no mesmo ano

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Aconteceu na noite desta terça-feira (17), a estreia da nona temporada do “MasterChef Brasil”. Mesmo diante de alguns olhares desconfiados por conta dos baixos índices de audiência que a atração gastronômica vem registrando a cada edição transmitida, a emissora de Johnny Saad ainda encontra nela um fator muito importante: o comercial. Sendo assim, os executivos não pensaram duas vezes antes de preparar uma nova versão do reality show.

Depois de anunciar a exibição de duas edições do programa apresentado por Ana Paula Padrão na sequência, sendo a primeira formada por cozinheiros amadores e a segunda por profissionais, a Band está provando que irá usufruir ao máximo do sucesso do “MasterChef Brasil”. Além dos formatos já conhecidos pelo público, incluindo a versão júnior, a emissora paulista chegou a conclusão de que uma outra poderá render bons resultados.

A emissora de Johnny Saad confirmou a produção do “MasterChef+”, uma versão formada por cozinheiros que possuem mais de 60 anos. A ideia é exatamente a mesma adotada pela Rede Globo no “The Voice+” e as conversas pertinentes a nova versão do programa culinário já estão acontecendo a todo vapor nos bastidores da Band.

Diversos detalhes sobre o “MasterChef+” já foram até definidos pela alta cúpula da emissora paulista e as inscrições para a atração gastronômica composta por participantes idosos devidamente confirmada pela emissora de Johnny Saad. Caso tudo conforme permaneça conforme está sendo planejado pela direção, o programa irá ser transmitido em novembro.

Continua após a publicidade

Não satisfeitos em colocar no ar três versões do reality show culinário no mesmo ano, os executivos da Band foram além e querem mais uma. Sendo assim, eles já estão estudando a possibilidade de transmitir a segunda temporada do “MasterChef Júnior”, que é formada apenas por crianças. Para não cansar ainda mais a imagem do programa, a emissora de Johnny Saad pensa em colocar a criançada para cozinhar em uma edição especial, ou seja, mais curta do que o normal.

SUCESSO DE VENDAS

Mesmo com os índices de audiência caindo a cada temporada, a Band sequer pensa em colocar um ponto final em sua história com o “MasterChef Brasil”. Embora algumas mudanças no formato principal da atração culinária tenham sido discutidas, o seu fim está bem longe de ser decretado e diversos fatores estão sendo essenciais para que a Band permaneça transmitindo o programa e criando novas versões.

Além do grande sucesso nas redes sociais, se tornando um dos assuntos mais comentados durante a sua exibição, o “MasterChef” ainda consegue atrair diversos patrocinadores, sendo uma das atrações que mais rendem lucros ao cofres da emissora paulista. A edição que atualmente está no ar, estreou com mais de dez anunciantes, uma marca bastante expressiva.