Fechar
COVID-19 NO REALITY

Big Brother EUA detecta casos de infectados e número assusta

O Big Brother 23, transmitido pela CBS, está enfrentando grandes problemas. Já são 9 funcionários do reality com o novo coronavírus

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

O Big Brother EUA está dando o que falar no exterior e o motivo está relacionado ao novo coronavírus. De acordo com o Deadline, um número absurdo de casos com a Covid-19 já foi confirmado no reality. O programa que é transmitido nos Estados Unidos conta com cerca de 500 funcionários nos bastidores, mesmo com os casos de coronavírus, a atração continua sendo gravada e transmitida em sua 23ª edição.

Segundo o veículo internacional, 9 casos já foram confirmados na produção. O resultado positivo para Covid-19 precisou ser registrado em Los Angeles, no sistema de saúde da região. Os casos de coronavírus foram localizados nos estúdios da CBS. Nellie Andreeva, jornalista do Deadline, deu maiores detalhes.

O colunista americano deixou claro que ainda não sabem se os confinados contraíram Covid-19: “Os 9 testes positivos para membros da equipe foram registrados ao longo de várias semanas, desde 26 de julho, com a maioria dos afetados já de volta ao trabalho após terem sido colocados em quarentena e posteriormente, liberados, ouvi dizer. Em diferentes áreas do set de filmagem. Acredita-se que nenhum dos membros da equipe que foram infectados teve interação com os competidores do programa”.

O Big Brother Brasil 20 e 21, exibidos pela Globo, tiveram suas respectivas edições gravadas em meio a pandemia do coronavírus. No ano passado, os famosos e anônimos já estavam confinados quando o surto começou no país, o apresentador Tiago Leifert precisou entrar ao vivo fazendo um alerta.

Continua após a publicidade

Durante o bate-papo, Tiago Leifert quebrou o protocolo do reality e trouxe uma informação do mundo exterior falando sobre a pandemia da Covid-19. O artista reforçou também a importância do distanciamento social e falou por alto sobre 2ª onda do coronavírus. Já neste ano, apareceu para alguns brothers, perto da final falando sobre a vacina e imunização.

“Estamos indo. Não é rápido, tem prioridade, é por idade. Posso fazer uma nota pessoal, meus pais, por exemplo, já tomaram as duas doses da vacina. Dependendo da vacina, são duas doses. Ainda não vai dar para tirar a máscara, mas estamos indo, devagarzinho a gente vai”, disparou Tiago Leifert no Big Brother Brasil 21 sobre a vacinação.

Se empolgando mais uma vez, Leifert compartilhou um momento particular com Juliette, Pocah, Fiuk, Gilberto e Camilla de Lucas: “Minha mulher ficou grávida durante a pandemia, e ninguém conhece minha filha ainda. Só por telefone. Ninguém viu minha filha ainda. Então, não vejo a hora de liberar para os meus amigos verem minha filha, que até agora nada. Mas está indo”.

Antes da estreia do BBB21, a Globo optou por confinar as celebridades e os anônimos em um hotel do Rio de Janeiro. O canal montou uma força-tarefa para proteger os participantes da Covid-19, seguindo todos os protocolos de segurança e testando os participantes. O isolamento era necessário para quem fosse entrar no reality, caso algum jogador fosse diagnosticado com coronavírus, seria substituído de imediato por um reserva.