ABRIU O JOGO

Casagrande aparece na Record após demissão da Globo: ‘Eu me posiciono’

Walter Casagrande desabafou sobre ataques, planos na carreira e a dependência química. O ex-Globo recebeu o 'Domingo Espetacular' em sua casa

Adriel Marques
Repórter do EM OFF

Walter Casagrande, mais conhecido como Casão, vai aparecer na tela da Record e surpreender o público. O ex-jogador de futebol e comentarista esportivo concedeu uma entrevista para a emissora paulista, após 25 anos de Globo. O atleta e comunicador não esperava o fim do contrato antes da Copa do Mundo no Qatar, entretanto, foi desligado pelo canal.

O bate-papo com Carolina Ferraz vai abordar o vicio em uso de entorpecentes: “Eu sou dependente químico igualzinho aos que estão lá na Cracolândia. Se eu vacilar, vou pra rua”. A apresentadora do Domingo Espetacular encontrou Casagrande em sua casa, recebendo a equipe da Record de braços abertos. Sem papas na língua, Casão não falou apenas sobre o uso de drogas, como também abriu o jogo sobre ataques na internet e a ostentação no mundo futebolístico.

Indignado com as ofensas que recebe pela dependência química, Walter Casagrande desabafou: “Hoje as pessoas me chamam de viciado, drogado, financiador do tráfico, e acham que é crítica. Isso aí é ataque, não é liberdade de expressão”. O comentarista também abriu seus planos para o futuro, como trabalhar nas escolas com a prevenção do uso de drogas.

A entrevista completa de Casão ou Walter Casagrande vai ao ar próximo no domingo (10), a partir das 19h45, na tela da Record. A revista eletrônica é comandada por Eduardo Ribeiro e Carolina Ferraz, com a direção de Antonio Guerreiro. Mariana Weickert, Roberto Cabrini e Lucas Veloso também fazem parte da atração.