Fechar
EM BREVE

Catia Fonseca revela mudanças após chegada de Adriana Araújo

A apresentadora do “Melhor da Tarde” contou os detalhes da nova fase que seu programa entrará em breve

Bruno PintoRepórter do EM OFF

A alta cúpula da Band está mesmo empolgada e empenhada em acirrar a disputa pela audiência, principalmente com o SBT, que está enfrentando uma de suas maiores crises no Ibope. Sendo assim, a emissora de Johnny Saad fez uma série de contratações de peso, estreou programas e se prepara para colocar mais uma novidade no ar: O “Boa Tarde São Paulo”, novo telejornal de Adriana Araújo, que estreia no dia 14 de março.

A chegada de uma nova atração na grade representa mudanças e, com isso, Catia Fonseca recebeu a informação de que seu programa sofrerá uma redução de 30 minutos no tempo de duração. Em contrapartida, o “Melhor da tarde” será transmitido inteiramente para todo o Brasil. Sendo assim, a atração, que atualmente possui duas horas divididas em metade para São Paulo e a outra metade para o restante do país, passará a contar com uma hora e meia em rede nacional.

A alteração na programação da emissora de Johnny Saad foi bem recebida pela apresentadora da atração diária, tendo em vista que a perda de meia hora no geral foi compensada pelo ganho do mesmo tempo em rede. Em entrevista ao portal Notícias da TV, Catia Fonseca contou que seu diretor não perdeu tempo e correu para conseguir novas atrações para compor a nova fase do programa:

A apresentadora revelou também que reportagens já estão prontas para serem exibidas: “O Rodrigo é uma fábrica de ideias, e eu sou uma fábrica de execução. Desde quando a Band falou que íamos ter essa uma hora e meia nacional, ele acabou criando vários quadros, já passamos para o departamento artístico e comercial. Também gravamos matérias do quadro O Segredo das Coisas, em que vou nas fábricas mostrar como as coisas são feitas”.

Continua após a publicidade

Catia disse que a ideia é fazer diferente do que a concorrência faz. Sendo assim, uma das característica desse novo tempo do “Melhor da Tarde” será a exibição de reportagens mais completas: “Estamos com uma frente de mais de um mês de matérias robustas, vamos ter isso, mais viagens, entre outras atrações. Queremos ter uma matéria robusta toda sexta, mas não encher linguiça, e sim como se fosse um programa diferenciado”.

A contratada da Band contou que a visibilidade da atração será muito maior com o aumento da carga horária na programação em rede. Com isso, haverá uma grande diversificação com assuntos relacionados a lugares: “Vamos estar no nacional, então queremos mostrar o Brasil de uma forma que, às vezes, nem o turista vê. Queremos mostrar curiosidades, gastronomia, cultura, vivenciar um pouco o dia a dia daquela região”.

Por fim, Catia Fonseca falou sobre a decisão de não comentar o “Big Brother Brasil” em seu programa: “Às vezes, temos que ir na contramão dos nossos concorrentes. Se todo mundo vai falar da mesma coisa, quem não quer saber daquilo vai ter qual opção? Sabemos que o nosso público gosta de saber o factual, mas de um jeito muito característico. Então, trazemos o que acontece lá [no reality] para a nossa realidade”.