Fechar
Rasgou o verbo

Chris Flores critica a Globo e pede punição por erros de pronome de Lina no ‘BBB22’

Apresentadora do “Fofocalizando” detonou Eslovênia por chamar Linn da Quebrada de ele.

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Linn da Quebrada se mostrou exausta aos erros do pronome feminino cometidos pelos colegas de confinamento. Na Festa do Líder Lucas Bissoli, no “BBB22′, o engenheiro civil chamou a cantora de ‘ele’ ao convidá-la para dançar na pista de dança com Natália Deodato. O fato deixou a sister revoltada, a ponto de chorar ao relembrar as dificuldades que enfrentou ao longo da vida. No SBT, Chris Flores dedicou um bloco do “Fofocalizando” para cobrar uma posição da Globo.

A apresentadora da emissora de Silvio Santos mostrou um momento em que Eslovênia Marques chama a artista de “amigo” ao vivo durante a Prova do Líder exibida na noite desta quinta-feira (24). Ao retornar para o estúdio da atração de fofocas, a comunicadora não economizou no desabafo e saiu em defesa da intérprete de “Oração”, além de afirmar que a miss precisa aceitar que Linn é ela.

“Não é nós que não somos ela temos que dizer quem ela é. O que isso impacta na sua vida, na minha vida, na vida do outro? Nada! Isso é um problema dela. As pessoas não aceitam a gente do jeito que a gente se apresenta? Tem que aceitar todo mundo. Isso é transfobia, isso é crime, passou do limite”, disparou Chris Flores visivelmente revoltada com os ataques contra Linn da Quebrada.

“Está na hora deste programa [“BBB22″] colocar um ponto final, porque não adianta toda vez abrir câmera lá [na casa] e o Tadeu [Schmidt], coitado, ficar explicando pras pessoas que isso é errado. Tem que colocar como crime na mesa, chega! Tem gente que só entende assim: na lei, no bolso e na vida. Esta pessoa que vocês estão vendo aí, a Lina, é uma grande artista, é uma grande pessoa. E o que [ela] está sofrendo não é de hoje, ela tá desesperada lá dentro”.

Continua após a publicidade

Chris Flores ressaltou cenas da edição que foram levadas ao ar pela Globo e que mostram alguns participantes debochando de Linn da Quebrada quando a produção tocou a música “Eu Matei o Júnior”, um single com participação de Ventura Profana. A atriz da série “Segunda Chamada” cantarolou o refrão com empolgação, enquanto outros participantes riram da performance.

“Você viram as cenas de ontem dela sofrendo e pedindo, implorando. E ela dizendo que ‘ toda vez que não me chama de ela, estão me matando mais uma vez’ porque ela já teve que matar uma identidade, ela tem um trabalho que tocou na festa e zoaram com a cara dela. ‘Eu Matei o Júnior’, que era ela antes [da transição]. Ela disse isso ‘estão me matando todo dia’. Por que a gente tem que fazer isso?”, refletiu a apresentadora.

“Olha essa guerra [Rússia e Ucrânia] que nós estamos tendo que engolir goela abaixo em 2022. Essa é outra guerra que a gente tem que enfrentar, que é o preconceito, que são pessoas ignorantes e más. Isso é pior do que uma bomba se vocês querem saber, porque com isso tem estratégia pra lidar. Agora com esse tipo de coisa rasteira… vamos parar pra pensar. ‘Ah, paz no mundo. Isso também é paz no mundo, tratar os outros com decência também é propagar a paz, mais respeito e amor”.