Abriu o coração

Chris Flores dá bronca em Matheus Baldi e revela gravidez ‘traumática’

A apresentadora disse que já perdeu um filho e que viveu momento traumático durante segunda gestação

Danilo Reenlsober
Repórter do EM OFF

A jornalista Chris Flores, que apresenta o “Fofocalizando” no SBT, deu um “puxão de orelha” em Matheus Baldi, o primeiro a divulgar nas redes sociais sobre a gravidez da atriz Klara Castanho, de 21 anos. A funcionária de Silvio Santos se mostrou irritada e disse que o colega de programa errou ao divulgar a história sem ter certeza. Em seguida, a comunicadora fez um relato pessoal envolvendo um momento íntimo.

Nesta segunda-feira (27), o “Fofocalizando” repercutiu a carta aberta publicada por Klara Castanho nas redes sociais. Ela foi obrigada a tornar pública uma história privada depois que Antônia Fontenelle e Leo Dias divulgaram informações dizendo que ela havia “abandonado” um filho. A famosa, então, veio a público e disse que entregou legalmente a criança á adoção porque ela foi vítima de um estupro.

Na abertura do programa, Chris disse que o hospital onde o parto foi realizado e a enfermeira que deixou a informação vazar também são culpados. “Isso acomtece dentro de um hospital, um hospital que ela confia. Sai que ela teve o bebê e que ela teria doado o bebê. A notícia saiu deturpada e cheia de preconceito no caminho. Ela teria tido o bebê e teria dado o bebê, mas não foi isso que aconteceu. Não houve abandono. Todo o processo feito pela Klara foi seguindo a lei. A mulher tem esse direito legal. O que ela não queria é que isso fosse divulgado”, disse.

Em seguida, ela salientou que a informação sobre a gravidez não foi divulgada no “Fofocalizando” e deu a chance de Matheus Baldi se explicar. “Os fãs perceberam que ela estava com roupas que marcavam o corpo, mas num primeiro momento eu relevei. Passado alguns dias, eu recebi de uma fonte que uma atriz da globo de 21 anos estaria grávida. Passado seis dias eu recebi uma ligação, que tinha provas, de que a Klara estava grávida. Com essa certeza, eu escrevi a mensagem pra Klara, mandei um e-mail pra assessoria de imprensa se procedia, mas não tive retorno”.

“Depois dessa publicação, meu telefone tocou, a assessora pediu pra eu apagar o post. Ela disse que não era tão simples quanto parecia e disse que não se tratava de uma gravidez comum, dizendo que a Klara tinha sido vítima de um estupro. A própria Klara falou comigo na ligação e pediu que não queria falar sobre aquilo. Eu apaguei e aquilo me atormentou. A Klara me mandou uma mensagem agradecendo. Naquele momento, deixou de ser uma notícia, passou a ser um crime. Eu apaguei, nunca mais toquei nessa história, não posso ser responsabilizado”, finalizou ele.

Revelação

Em seguida, Chris Flores deu sua opinião sobre o fato. Ela comentou que conversou de forma particular com o colega Matheus Baldi nos bastidores da atração e que ele errou em ter divulgado a história da gravidez de Klara Castanho sem ter certeza sobre todos os detalhes envolvendo o caso. “Acho tudo muito lamentável. Estou há dias sem dormir”, começou.

“O que passei pro Matheus é que sim, ele cometeu um erro, independente da intenção. Por que acho que nesse tipo de caso, a gente não deve dar”. Aproveitando o espaço, ela comentou, ainda, que passou por uma situação semelhante. “Além do meu filho Gabriel, eu tive uma segunda gestação (…), mas eu perdi esse bebê”, revelou a jornalista.

“E eu tive que fazer um exame pra saber como ele estava. Quando vou para o laboratório e faço o exame, também um profissional passa para uma pessoa que eu estava grávida e a pessoa me procura comemorando isso. Mas eu já estava com o feto morto dentro do meu útero”, disse Chris Flores. “Eu estava de luto, estava triste naquele momento, e eu não queria que as pessoas soubessem disso”.

Finalizando, a jornalista disse entender a dor de Klara e de outras mulheres que não querem divulgar a gravidez. “Longe a minha situação do que a Klara passou, minha gravidez foi consentida, com meu marido. Mesmo assim, foi traumatizante, eu não gosto de expor esse tipo de coisa”, disse a apresentadora do “Fofocalizando”. “O que passei pra ele é que esse tipo de notícia não deve ser dada antes da pessoa ter vontade, queira passar pra frente essa notícia”.