AO VIVO

Claudia Raia se derrete pelo marido e manda recado apaixonado no ‘Mais Você’

Atriz abriu o coração ao se declarar para o bailarino Jarbas Homem de Mello

Danilo Reenlsober
Repórter do EM OFF

A atriz Claudia Raia participou do Mais Você, de Ana Maria Braga, nesta quarta-feira (13) e aproveitou a oportunidade para participar de algumas brincadeiras propostas pelo quadro Feed da Ana, comandado pela repórter Juliane Massaoka. Além disso, a famosa falou dos seus próximos projetos profissionais e usou o espaço para se declarar ao marido, Jarbas Homem de Mello.

Claudia Raia é casada há dez anos com o ator e dançarino. No programa, ela falou sobre a aproximação dois dois e deu mais detalhes do romance. “Quando a gente se encontrou, eu tinha 43 anos, ele 40, tínhamos vivido já outros casamentos, outras relações e a gente se encontrou na hora certa”, afirmou. Antes, Claudia Raia foi casada com Edson Celulari.

“Talvez se fosse antes [o encontro], não teria esse encaixe. Tudo vem na hora certa, as pessoas vem na hora certa… Agora, é um encontro de almas. É uma parceria”, abriu o coração a artista. Claudia e Jarbar atuaram juntos no espetáculo “Conserto para Dois”, escrito pela carioca Anna Toledo a pedido do casal. O musical conta a história de amor e desencontros do escritor Ângelo Rinaldi e da atriz internacional Luna de Palma.

Em novembro, o casal estreia um novo musical, chamado “Tarsila: A Brasileira”, que vai narrar a vida e obra da pintora Tarsila do Amaral. “A gente fez um musical da vida dela. É um espetáculo original, que a gente criou”, explicou a atriz. A peça, que comemora os 100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922, foi escrita por Anna Toledo e é dirigida por José Possi Neto.

Início

Recentemente, em entrevista ao PodDelas, Claudia Raia relembrou como conheceu Jarbas. “Ele é da mesma geração que eu. Ele tem 53 e eu tenho 55 anos. Então, ele também nasceu junto com esses grandes musicais que começaram a aparecer, como (…) ‘O Fantasma da Ópera’, ‘Rent’, ‘O beijo da Mulher Aranha’. Eram poucos os atores que dançavam e representavam. E eu dava sempre de cara com ele (…), sempre achava que ele era bom e tal”.

“Mas ele sempre ali no coro (…) Até que um dia eu resolvi fazer um espetáculo chamado ‘Pernas pro ar’. Precisava de pessoas que dançassem e sapateassem — disse. A atriz essaltou que um de seus amigos sugeriu o nome de Jarbas e ela demonstrou resistência: “Mas o Jarbas não é sapateador? ‘Não. Ele é bailarino e sapateador’. E eu dizia: ‘Mas ele não é baixo?’. E o Moura: ‘Não, ele não é baixo. Você está implicando. Você tinha que ver. Jarbas é a sua cara. Ele é você de calças'”.

“Fizeram a junção e quando eu o vi na audição… ‘Pelo amor de Deus! Que homem é esse? Como dança, como canta e como sapateia!’ (…) Eu via o talento dele em pequenas perfomances, em papéis que não davam chance de ele mostrar. Estou eu esperando os atores virem falar comigo para eu oferecer as condições de trabalho e salário. Veio ele, leonino e gaúcho”.

“E eu disse assim: ‘Poxa, hein, estou te namorando há um tempão!’. E ele: ‘Então vamos casar! Onde eu assino?’ Olha! Corajoso! Gostei! Acho bom. Mas aí abstraí porque estava casada. Falei: ‘Tá bom. Deixa’. Nós ficamos íntimos, amigos (…) Aí a gente se separou quando o espetáculo terminou. Um tempo depois, eu me separei do Édson (Celulari) e falei para ele: ‘Tenho um espetáculo que já está comprado. Quero que você faça o papel. Era o ‘Cabaré’ (…) Aí no ‘Cabaré’ a gente começou a se relacionar”.