Fechar
Mais Mudanças

Com medo de novas baixas, Globo muda contrato de artistas

Depois de perder diversos nomes de peso de seu elenco, além da confusão com a atriz Camila Queiroz, a emissora decidiu fazer alterações

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Em um ano marcado por diversas mudanças em sua programação e também no seu time de apresentadores, a Rede Globo está prestes a promover novas alterações, mas agora em um setor que sequer estava sendo especulado. Diante da perda de grandes nomes de seu elenco, assim como a polêmica saída de Camila Queiroz, a emissora carioca tomou uma atitude para tentar mudar algumas situações.

Virou comum grandes atores e atrizes, principalmente da Globo, anunciarem que não iriam renovar seus contratos com a emissora dos Marinho e, logo em seguida, terem seus nomes vinculados a séries e programas produzidos pela sensação do momento: As plataformas de streaming. Diversos profissionais conhecidos da teledramaturgia, como Antônio Fagundes, Lázaro Ramos e Marco Pigossi, não pensaram duas vezes ao dizerem adeus a emissora.

Segundo informações divulgadas no programa “A Tarde é Sua”, transmitido pela RedeTV!, a Rede Globo, preocupada com possíveis novas saídas no futuro, acabou se inspirando na concorrência para conseguir “prender” ao máximo os seus contratados. Sendo assim, a nova diretoria da emissora dos Marinho identificou no antigo contrato de Marcos Mion com Record TV, uma forma barrar essa migração, principalmente paro o streming.

De acordo com o jornalista Alessandro Lo Bianco, a Rede Globo vai tentar complicar, e muito, a vida de seus contratados que tem planos de expandir seus horizontes profissionais em outras empresas. Para isso, a emissora dos Marinho vai inserir uma cláusula especial nos contratos de seu elenco. Nela, o contratado concorda que, mesmo tendo sua multa rescisória paga, deverá esperar um tempo, ainda não revelado ao certo, para exercer a mesma atividade que exercia na emissora.

Continua após a publicidade

Na prática, essa novidade funcionará da seguinte maneira: Um ator, que possui contrato com a Rede Globo, até poderá ser contratado por uma outra emissora de televisão ou plataforma de streaming, mas, de acordo com a novidade jurídica que será implantada pela emissora carioca, ele só poderá atuar para nova contratada após cumprir o tempo estipulado no contrato com a Globo, podendo ser de seis meses a um ano.

Ainda de acordo com o colunista, durante participação na atração comandada por Sonia Abrão, houve uma reunião recentemente na Rede Globo para tratar do assunto e diversos detalhes já foram definidos pela nova gestão da emissora carioca. O principal motivo que levou os executivos a tomarem a decisão, foi o fato de gerar maior segurança ao interesses da emissora dos Marinho.

Uma das alterações contratuais que mais chama atenção estará presente nos contratos por obra, que acabou se tornando o preferido, principalmente dos atores. A partir de agora, além de ter que esperar um longo tempo para voltar a exercer sua função em outra empresa, o contratado não poderá ter sua imagem vinculada em outra atração, isso porque a Rede Globo ainda vai exigir exclusividade do ator ou apresentador durante todo o período em que estiver exercendo suas atividades na emissora carioca.

Ao saber da novidade, Sonia Abrão comentou que não concorda com o novo modelo de contratado: “Me causa estranhamento esse tipo de coisa, eu não acho legal. Eu até entendo o ponto de vista de empresa, mas você não pode dominar a vida de um profissional dessa maneira, não pode deixar a casa e ficar dois anos sem poder a sua profissão. Como você pode enfraquecer a concorrência? Oferecendo melhores oportunidades de trabalho”.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff