Fechar
ABRIU O CORAÇÃO

Cozinheira envolvida em acusação de racismo no ‘É de Casa’ se pronuncia

Em meio a polêmica que continua dando o que falar, Dona Silene quebrou o silêncio e comentou o caso ocorrido no último sábado (11)

Bruno PintoRepórter do EM OFF

No último sábado (11), Talitha Morete acabou se envolvendo em uma polêmica. Durante a apresentação do programa “É de Casa”, a jornalista recebeu a cozinheira Silene, que preparou suas famosas cocadas na cozinha da atração semanal da Rede Globo. Assim que o doce ficou pronto, Talitha pediu que a senhora servisse a ela e seus demais colegas de programa. Essa atitude deu o que falar e a apresentadora acabou sendo acusada de racismo.

Um vídeo do exato momento em que o fato aconteceu foi compartilhado milhares de vezes em diversas redes sociais e gerou uma série de opiniões a respeito do episódio. Diante da repercussão negativa, Talitha decidiu falar sobre o caso: “Antes de vir aqui, a primeira coisa que fiz foi falar com a dona Silene e pedir desculpas para ela. Eu também preciso me desculpar com todas as pessoas, com o meu público, pela minha fala. Errei e não há nada a ser dito para justificar u minimizar esse erro, a não ser me desculpar”.

Em meio a todo esse burburinho que continua rendendo muito assunto, foi a vez da principal envolvida quebrar o silêncio e comentar as acusações que a apresentadora da Globo está sofrendo. Por meio de suas redes sociais ela disse: “Estou passando aqui para dar um pequeno esclarecimento, pois fui surpreendida com muitas mensagens e apoio a qual não tinha entendido o porquê. Eu ainda estou meio perdida, pois foi tudo muito novo para mim”.

Dona Silene revelou que não interpretou atitude da jornalista como uma forma de discriminação em razão de sua cor e ressaltou a forma carinhosa que Talitha a tratou nos bastidores do programa: “Estou escrevendo, não para diminuir ou banalizar as dores de ninguém, pois sei que muitos se sentiram machucados com a cena. Porém, naquele momento, eu não tive esse sentimento, muito pelo contrário. Eu fui muito bem recebida e acolhida por todos”.

Continua após a publicidade

A cozinheira demonstrou gratidão pela oportunidade de mostrar seu trabalho em rede nacional e novamente voltou a “inocentar” Morete: “Para quem não sabe, Talitha foi um instrumento para que eu pudesse ter a oportunidade de ser apresentada a vocês e sou muito grata por isso. Eu jamais poderia vir aqui para incitar ódio a uma pessoa que, na minha concepção, não teve a intenção de reproduzir qualquer tipo de violência”.

Além disso, a senhora fez questão pedir para que as pessoas parem de acusar a apresentadora do “É de Casa” de ter praticado racismo, tendo em vista que Talitha continua sendo atacada pela atitude polêmica: “Então, eu peço a todos, que não a ataquem. A todos vocês que estão chegando agora, vão me conhecer e saber que eu sou da paz. Meu propósito não é guerra!”.

Por fim, Dona Silene lembrou do carinho recebido por Manoel Soares, que também estava no local quando tudo aconteceu: “Quero deixar também a minha gratidão e meu abraço para o Manoel pela gentileza e todo cuidado que teve. Um beijo a todo e sintam-se abraçados”, concluiu a cozinheira que já acumula mais de 52 mil seguidores em seu perfil na rede social Instagram.

Confira!