Fechar
ABRIU O JOGO

Cristiana Oliveira dá resposta ácida à pergunta de repórter da RedeTV!

Em entrevista ao programa “A Tarde é Sua”, a atriz não gostou de ser chamada de eterna Juma e fez questão de corrigir a jornalista

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Diante do sucesso que o remake de “Pantanal” está fazendo, quebrando recordes de audiência, os atores da primeira versão da novela de Benedito Ruy Barbosa estão ganhando grande destaque na mídia atualmente, principalmente Cristiana Oliveira, que deu vida a Juma na década de 1990. Depois de tantos questionamentos a respeito da “nova Juma”, a atriz mostrou que ainda carrega o sangue da personagem nas veias e deu uma resposta curta e reta a uma repórter da RedeTV!

Durante o programa “A Tarde é Sua”, transmitido nesta terça-feira (10), foi exibida uma entrevista com Cristiana. Durante o evento de lançamento de sua biografia, a atriz foi elogiada pela jornalista da emissora paulista, que por sua vez acabou recebendo uma invertida. Após brincar com o apelido de Cristiana, a repórter foi direto ao assunto e disse: “Olha, você é a eterna Juma”.

Assim que escutou a repórter descrevê-la daquela maneira, a atriz de 58 anos não pensou duas vezes antes de corrigi-la. Segundo Cristiana, atualmente essa personagem pertence a uma outra atriz, que fez questão de rasgar elogios: “Hoje, a Juma é a Alanis Guillen, que está fazendo maravilhosamente e lindamente bem a ‘Juminha’ dela e pronto. Eu só fui a Juma de 1990”.

Oliveira ressaltou que diversas pessoas estão assistindo a novela pela primeira vez e que a nova atriz está marcando uma outra geração: “Como fui a primeira, eu até entendo que, na memória emotiva, no carinho e nessa emoção toda que carrega, eu serei sempre a Juma para aquela geração. Agora tem aquela geração que não assistiu a primeira versão de ‘Pantanal’ e vai se apaixonar pela Juma da Alanis, pois a personagem é apaixonante”.

Continua após a publicidade

Cristiana disse ser eternamente grata por ter tido a oportunidade de ter dado vida a uma personagem que ficará marcada para sempre na história da televisão, tendo em vista o sucesso que novela faz até os dias de hoje: “A Juma me eternizou, porque junto com ela, que continua sendo um grande presente, eu estou em todos os livros da teledramaturgia brasileira. Eu posso morrer, mas ela vai ficar, ela vai me eternizar”.

A atriz, que estava ao lado do marido, revelou que estar acompanhando o remake e destacou uma cena que, segundo ela, a fez ficar de queixo caído: “Eu estou amando essa nova versão de ‘Pantanal’. Só aquele encontro da Maria [Marruá] com a Alanis, as duas se olhando com os olhos daquela forma… Nossa, aquilo foi lindo demais! A direção de fotografia está impecável”.

Por fim, Cristiana Oliveira fez questão de quebrar qualquer tipo de comparações maldosas, com o objetivo de dizer que uma ou outra foi melhor, e aproveitou o espaço para rasgar elogios a atriz que dá vida eterna Juma na atual versão do folhetim: “A Alanis é a minha princesinha. Pra mim, ela é a Juma e é braba! Eu sou suspeita para falar, pois eu acho a Alanis muito fofa”.