Fechar
Perigo!

Datena faz piada e coloca repórter em risco durante ‘Brasil Urgente’

Juliano Dip seguiu ordens do apresentador da Band em link diretamente da Bahia

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

O “Brasil Urgente” levado ao ar nesta segunda-feira (28) destacou uma cobertura das fortes chuvas que atingem a Bahia. 20 pessoas já morreram e mais de 430 mil foram afetadas em todo estado. Juliano Dip foi enviado pela Band a Itambé, cidade que fica cerca de 566 km da capital Salvador para mostrar os estragos provocados. O município é um dos que foram mais atingidos.

Durante link com José Luiz Datena, o repórter contou que a região apresentava risco aos moradores. Os profissionais da imprensa teriam sido orientados a ter atenção redobrada pois as fortes chuvas deixaram a cidade sem energia elétrica. Postes e casas foram destruídos por causa do volume da água. Além disso, a ponte que corta a cidade está com o acesso desmoronando.

“O problema, Datena, eu até consigo me movimentar aqui, mas a gente não tem luz pra mostrar [a distância], aqui é perigoso entrar porque á água atingiu e não chego no final da rua”, iniciou o repórter enquanto o cinegrafista mostrava a rua debaixo d’água. É possível observar o lugar escuro apenas com a iluminação da reportem, deserto e com casas destruídas.

Juliano Dip tentou colocou um dos pés na água, mas logo recuou por causa de profundidade. Do estúdio do “Brasil Urgente”, na Band”, Datena insistiu para que o colega de trabalho tentasse atravessar a rua alagada sem qualquer equipamento de proteção. O apresentador também fez piada com os estragos provocados pelas chuvas no município localizado no sudoeste da Bahia.

Continua após a publicidade

“Não tinha água nenhuma aí, vai devagarinho [atravessar a rua] mesmo porque se você cair no buraco, não seremos nós que cairemos no buraco”, debochou. Ao ouvir a piada do comunicador através do ponto, o repórter se mostrou sem graça e seguiu atravessando a rua olhando para o chão. No enquadramento da câmera não foi possível observar se o cinegrafista fez o mesmo caminho.

Durante o percurso, o repórter Juliano Dip foi chamado atenção pelas autoridades por se colocar em risco. “A Defesa Civil já tá me dando bronca aqui porque eles pedem que não siga pra cá mais, a questão aqui é muito complicada, principalmente, por causa do aumento da água”, contou. Datena então pediu para que o profissional do “Brasil Urgente” retornasse para uma área segura. “Pode voltar senão a Defesa Civil vai ficar pegando [no nosso] pé”.

Em novembro, Datena se exaltou com sua diretora, Débora, após ter seu pensamento interrompido através do ponto eletrônico enquanto dava uma notícia sobre protesto feito por colaboradores da prefeitura de São Paulo. O apresentador alterou o tom de voz e ameaçou abandonar o estúdio do programa. Ainda no ar, ele quis saber o motivo de ter sido chamado atenção pela profissional.

“Ô Débora, você deixa eu acabar o comentário ou vem aqui apresentar esse programa. Estou terminando o meu raciocínio e é tudo ligado a isso, entendeu? Você percebeu um recado pra me dar pra eu parar de falar? Se recebeu eu vou embora daqui. Por que você falou no meu ouvido aqui? Recebeu algum recado”, questionou

Tags Relacionadas: