Fechar
SOLTOU O VERBO

Datena volta a se estressar ao vivo e solta o verbo pra cima de equipe

Durante o “Brasil Urgente” desta sexta-feira (17), o apresentador criticou o trabalho de um de seus colegas

Bruno PintoRepórter do EM OFF

José Luiz Datena é um daqueles apresentadores que não conseguem esconder sua insatisfação diante de algo que entende como negativo. Independentemente do local onde se encontra, o jornalista não poupa palavras para descrever o que está sentindo e solta o verbo pra cima de quem quer que seja, ali mesmo, ao vivo, durante a transmissão do “Brasil Urgente”, da Band.

Desta vez não foi diferente e o contratado da emissora de Johnny Saad se mostrou revoltado com a equipe de seu telejornal policial, que escreveu um texto para o teleprompter. Diante do que estava sendo disponibilizado no equipamento que o apresentador utiliza para ler as notícias, Datena não pensou duas vezes antes de dar uma bronca daqueles no profissional responsável.

Ao se deparar com o texto, o jornalista disse não ter gostado do trabalho que estava sendo feito e solicitou que todos fiquem mais atentos ao que fazem: “Isso aqui está muito mal escrito. Precisa prestar mais atenção nessas coisas antes de escrever aí, porque tem muita redundância, palavra repetida. É só prestar um pouquinho de atenção. É que, as vezes, é tanto trabalho que as pessoas não tem tempo para prestar atenção”.

Vale ressaltar que essa não é primeira vez que Datena expõe seus colegas de trabalho ao vivo. Além de brigar com sua diretora durante a exibição do “Brasil Urgente”, pelo fato dela ficar falando no ponto eletrônico enquanto ele conversava com um entrevistado, o apresentador já zombou da aparência de um de seus repórteres e até brigou com outro pelo fato de entrar sorrindo em meio a uma notícia séria.

Continua após a publicidade

Na ocasião, Lucas Martins foi chamado para participar ao vivo da atração jornalística. Diretamente de uma delegacia da Polícia Civil, o repórter surgiu de uma forma diferente do que Datena estava esperando. Diante da cena, o apresentador soltou o verbo: “Tá rindo do que, Lucas? Falaram alguma coisa pra você? Porque o cara quase morreu… Deve ser alguém que falou uma piada aí no seu ouvido. Não entendi porque o Lucas está rindo de um sujeito que quase morreu”.

Na sequência, o comandate do “Brasil Urgente” condenou a atitude de outros colegas de trabalho pelo ocorrido: “É que os caras ficam contando piada no ouvido do Lucas Martins. Vocês não tem nenhuma outra coisa pra fazer a não ser contar uma piada no ouvido do repórter? O Lucas vai entrar daqui a pouco, porque pega mal, inclusive para o repórter… A gente está falando mal da segurança, com gente morrendo e, de repente, entra o menino sorrindo. Aí o cara vai achar que estamos zombando da morte. Claro que não é!”.

Por fim, Datena ressaltou o profissionalismo de Lucas e voltou a mandar um recadinho para aqueles que estão por trás das câmeras: “É um dos melhores repórteres que a gente conhece, tem uma baita de uma sensibilidade, não iria sorrir de um caso como esse. Então, quem está falando no ouvido do Lucas e fazendo piadinha perde uma grande oportunidade de ficar quieto”.