Fechar
AUDIÊNCIA

Documentário sobre a vida de Silvio Santos alcança vice-liderança

O especial exibido ontem pelo SBT alcançou a vice-liderança isolada para o canal de Silvio Santos

Jean TellesRepórter do EM OFF

O SBT exibiu na noite deste domingo (8), um documentário sobre a vida e carreira do comunicador Silvio Santos. A produção foi exibida em comemoração aos 40 anos do SBT. A atração foi apresentada dentro do “Programa Silvio Santos”, teve início às 21h47 e término as 0h05 e alcançou ótimos índices de audiência. 

Segundo dados do Kantar Ibope Média, o documentário biográfico da vida do animador alcançou média de 8,08 de audiência e 14,98 pontos de participação, alcançando assim, a vice-liderança isolada na faixa de horário. O documentário exibido que teve direção e roteiro de Leonor Corrêa também repercutiu nas redes sociais, se tornando um dos assuntos mais comentados da noite nas redes. 

A atração que teve supervisão de Iris Abravanel, mulher do animador, e apresentação de Marília Gabriela foi produzida em 2015 e exibida pela primeira vez pelo SBT na noite do último domingo (8). O documentário contou com depoimentos de diversos famosos e personalidades de influência no Brasil. Dentre eles estavam os ex-presidentes Dilma e Lula do PT. 

Os políticos participaram da homenagem no momento em que o especial falava sobre o interesse de Silvio Santos pela política. Vale lembrar que na década de 80, o dono do SBT tentou disputar as eleições presidenciais, mas acabou desistindo. Em seu pronunciamento, Luiz Inácio Lula da Silva falou que ficou preocupado ao saber que o animador estava interessado em ingressar na política: 

Continua após a publicidade

“Eu ficava preocupado com o Silvio Santos entrando na política. Quando você entra na política, vão desvendar o que você era quando estava no útero da sua mãe. Os caras vão fazer DNA do teu bisavô para saber qual o defeito que você tem. Eu acho que um cara como Silvio Santos não deveria se meter nisso”, declarou o ex-presidente. 

Já Dilma Rouseff falou sobre a personalidade do dono do SBT e sua capacidade de influenciar as pessoas. Segundo a ex-chefe do Executivo, Silvio Santos seria um “adversário significativo”: “Ele tem uma capacidade de envolvimento e de emocionar as pessoas… ele tem um comportamento que é uma referência, então, ele seria um adversário significativo”. 

Fernando Henrique Cardoso, que presidiu o Brasil entre os anos de 1995 a 2002, revelou que Silvio Santos o procurou para saber sua a opinião sobre o interesse em disputar um cargo na política. FHC revelou que aconselhou ao colega a não se envolver com política: “Ele perguntou para algumas pessoas e, não sei porque, perguntou a mim. Eu disse ‘você não deve ser [candidato à presidência do Brasil]”. 

Internautas receberam com surpresa a participação de Lula e Dilma no documentário. Isso porque, como bem se sabe, o dono do SBT é simpático ao governo do presidente Jair Bolsonaro, adversário político do PT e do ex-presidente Lula, que já manifestou interesse em participar das eleições presidenciais do próximo ano.

Tags Relacionadas: