Fechar
MANDOU BEM

Elisa Veeck manda recado após entrar ao vivo no skate: ‘Representatividade’

Elisa Veeck, âncora da CNN Brasil, ama andar de skate e invadiu os estúdios da emissora para mostrar que também é boa no esporte

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Elisa Veeck, ex-Globo e atual âncora da CNN Brasil, entrou andando de skate ao vivo no canal e surpreendeu os telespectadores com o talento até então desconhecido. O motivo especial foi em comemoração ao Brasil, que segue competindo no Japão e já garantiu medalha de prata na modalidade.

Durante a transmissão do Live CNN, a jornalista Elisa Veeck invadiu o cenário de surpresa, convidada para falar sobre a Olimpíada de Tóquio, Rayssa Leal e o hobbie favorito que é andar de skate. Veeck participou do Pódio CNN e falou sobre representatividade, cativando o sofá com tamanha simplicidade e carisma.

Durante a bateria de perguntas, Elisa Veeck falou sobre as diversas nuances representando uma pessoa da comunicação, relatando que pode gostar de transmitir notícias ao mesmo tempo de outras coisas também: “Essa representatividade do esporte nas Olimpíadas faz pensarmos que não temos que ficar nos encaixando em nenhum lugar. Posso gostar de passar notícia e, mesmo assim, gostar de skate, de subir montanha, mergulhar, andar de bike, fazer yoga”.

O recado dado ao vivo por Elisa Veeck viralizou nas redes sociais e rendeu diversos elogios. Enquanto participava do Live CNN, a jornalista falou sobre os tabus que ainda existem dentro do esporte e os rótulos: “Temos que parar de ficar enquadrando as pessoas dentro das regras”.

Continua após a publicidade

Sobre o preconceito entre o que é esporte de homem ou de mulher, não se conteve e defendeu a tese de que qualquer um pode ser livre para fazer o que deseja: “A gente vive num padrão em que a menina ganha boneca, e tudo bem isso, mas por que também não fazer um esporte de aventura? Por que o homem pode se machucar, cair de joelhos, e a menina tem que estar sempre lindinha dentro de um padrão? Acabamos limitando os talentos das pessoas”.

O lugar favorito de Elisa Veeck é a Avenida Paulista localizada em São Paulo, onde pratica o esporte e costuma fazer novas amizades: “Você sabe que de vez em quando, quando eu andava aqui na Avenida Paulista, um lugar muito bom pra andar de skate é a calçada. É uma loucura! É maravilhosa!”.

“Durante os domingos fecham a avenida e a gente pode andar também. Quando eu andava, gostava [de praticar] de noite, tipo 22hs da noite porque não tem muita gente na calçada e você anda numa boa”, completou Elisa Veeck falando sobre as saída para andar de skate.

Sobre a união que o esporte carrega, Elisa Veeck falou sobre o espírito de fraternidade: “Cada grupinho que eu passava de skate, era um cumprimentando o outro: ‘Você não quer uma ajuda aí’?”. Sobre fazer a manutenção do skate disse que não é boa, arrancando risada dos colegas de emissora: “Mas eu peço ajuda na rua porque além de andar de skate, a gente precisa ser cara de pau um pouquinho. Então com isso você começa a conhecer outras pessoas, outras atmosferas”.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo