Fechar
Direitos de transmissão

Em maré de azar, SBT perde disputa por competição esportiva

Evento esportivo terá novas temporadas exibidas pela Band

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

As emissoras de TV aberta estão no olho na possibilidade de público que os grandes eventos esportivos podem trazer. A Globo, por exemplo, passou uma rasteira no SBT e conseguiu de volta a Libertadores. A competição pertencia ao SBT, que não conseguiu vencer a disputa pelos direitos de transmissão. Agora, a emissora acaba de sofrer uma nova derrota no segmento.

De acordo com o colunista Gabriel Vaquer, do site Notícias da TV, a Band renovou a Fórmula 1 pelos próximos três anos. A competição vai ser exibida com exclusividade na TV aberta e no BandSports. O executivo Jayme Brito, que atua na produção das transmissões do evento na emissora dos Saad, teria liderado as negociações e desbancado a concorrente.

Conforme foi noticiado em vários veículos de comunicação, o SBT havia demonstrado interesse em transmitir a Fórmula 1. A decisão teria sido tomada após perder os direitos da Libertadores para a Globo e ficado apenas com a Copa Conmebol Sul-Americana das temporadas 2023 e 2026, algo tido nos bastidores como uma espécie de prêmio de consolação.

Em comunicado, o SBT reforçou a parceria com a Conmebol e adotou um tom “diferenciado” ao perder a competição esportiva. Apesar do desfalque, a emissora quer investir em novos produtos ligados ao esporte e tem contratado fortes nomes do mercado para suas transmissões. Fred Ring, ex-apresentador do SporTV, canal por assinatura do Grupo Globo, é o mais novo contratado.

Continua após a publicidade

“[Reforçamos] a nossa crença na relação que temos construído com a Conmebol  e seus executivos que realizam um trabalho sério e profissional à frente desta tão importante entidade. Seguiremos com nossa atitude sempre transparente e ética nessa relação, e com a mesma disposição de continuar trabalhando para a valorização do futebol, que é a grande paixão nacional.  Agradecemos também a agência FCDiez que vem gerenciando a execução dos direitos de forma igualmente profissional.”

Fórmula 1 na Band

A emissora do Morumbi começou a exibir o evento em 2021, depois de a Globo não renová-lo após 40 anos. O produto se tornou uma das principais audiências, na faixa dos 4 pontos na Grande São Paulo, principal praça para o mercado publicitário no Brasil. O fator comercial também despertou ainda mais a vontade de ter os direitos das próximas temporadas.

A ideia da emissora é manter o trabalho de excelência do último ano, com transmissão dos treinos na TV paga e grandes decisões na aberta. A Band ainda não se pronunciou sobre a novidade.