Fechar
Em Baixa

Em novo horário, ‘Casos de Família’ registra audiência desastrosa

O programa apresentado por Christina Rocha registrou apenas 2.3 pontos de média e amargou o seu menor Ibope no ano

Bruno PintoRepórter do EM OFF

O SBT está passando por um dos momentos mais complicados dos últimos anos. Flertando com uma grande crise de audiência, que vem atingindo praticamente toda sua programação diária, a emissora de Silvio Santos está correndo contra o tempo para conseguir reverter a situação, mas os resultados registrados recentemente mostram que o problema está bem longe de ser resolvido.

Com os índices de audiência caindo ladeira abaixo e sem tempo a perder, a emissora paulista resolveu fazer uma grande mudança em sua grade. Em caráter de urgência, a alta cúpula do SBT anunciou o aumento do espaço destinado as novelas e reajustou os horários de exibição de diversos programas transmitidos no período da tarde, dentre eles o “Casos de Família”.

Na tentativa de conseguir alavancar seus números, foi decidido que o programa apresentado diariamente por Christina Rocha passaria a ser exibido às 14:15. Porém, parece que o novo horário da atração repleta de discussões familiares não agradou aos telespectadores e os índices de audiência continuam deixando a emissora de Silvio Santos em uma situação delicada.

Na tarde desta quinta-feira (02), o “Casos de Família” marcou números tão baixos, que rendeu ao programa a pior média registrada durante todo o ano. Se não bastasse o resultado desastroso de forma individual, a atração ainda conseguiu ficar entre os programas menos vistos de toda a grade da emissora de Silvio Santos em um dia em que a maioria da programação também foi muito mal.

Continua após a publicidade

Segundo dados divulgados pelo portal Tv Pop, o “Casos de Família” marcou apenas 2.3 pontos de média na Grande São Paulo. De acordo com levantamento, o resultado obtido pela atração de Christina Rocha representa uma queda de quase 50% no número de telespectadores em sete dias, ou seja, em apenas uma semana, o programa conseguiu perder metade da audiência.

Para o desespero da alta cúpula SBT, não foi apenas o “Casos de Família” que registrou péssimos índices de audiência, pelo contrário. Isso porque todo o dia da emissora de Silvio Santos acabou marcando números que raramente conseguiram ultrapassar os 3.0 pontos de média. O “Fofocalizando”, por exemplo, segue sem reagir e registrou 3.5 pontos na grande São Paulo.

Seguindo as médias ruins, o “Roda a Roda” marcou 2.5 pontos de média na capital paulista, enquanto as novelas amargaram um dos piores momentos em anos. Engana-se quem acha que os problemas do SBT estão apenas nas tardes de segunda a sexta-feira, pois até mesmo as manhãs vem causando desespero. O “Vem Pra Cá” voltou a oscilar na audiência e fechou com 2.7 pontos de média.