Fechar
Susto

Equipe da Record TV sofre acidente durante reportagem

Repórter e cinegrafista de uma afiliada da emissora no Mato Grosso acabaram sendo atropelados por uma motocicle

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Um jornalista e um cinegrafista da TV Vila Real, afiliada da Record TV no Mato Grosso, passaram por momentos de tensão enquanto trabalhavam. Os profissionais faziam uma reportagem sobre um acidente de trânsito quando foram surpreendidos por um veículo desgovernado que atropelou a equipe em uma avenida de grande circulação de carros em Cuiabá.

Segundo informações divulgadas pelo portal G1, os profissionais já estavam gravando a parte final da matéria, quase terminando os trabalhos, em que mostravam um acidente envolvendo uma mulher que estava andando de bicicleta pela Avenida Miguel Sutil, quando foram brutalmente atropelados por uma moto desgovernada, causando um grande susto na equipe e nas pessoas que passavam pelo local.

José Porto, que atua como repórter da Record TV, sofreu ferimentos na região do braço e precisou ser levado a um hospital para realizar um procedimento cirúrgico e corrigir uma fratura. Evaldo Alves dos Santos, o cinegrafista que acompanhava o colega durante a cobertura, felizmente, apresentou apenas ferimentos considerados leves e não precisou de um cuidado especial como o jornalista.

De acordo com o repórter da afiliada da emissora de Edir Macedo, ele e o colega cinegrafista queriam mostrar o perigo que os pedestres e ciclistas precisam se submeter para atravessar no local. Segundo José Porto, diversas pessoas que passam pela via diariamente relataram durante a reportagem sobre os riscos que acabam tendo que correr para conseguir passar pelo lugar.

Continua após a publicidade

José contou os detalhes de como o acidente envolvendo ele e o cinegrafista ocorreu. Segundo o profissional, a motocicleta que o atropelou estava em alta velocidade: “Fizemos um sinal e os carros começaram a parar e a gente colocou o pé na faixa, mas percebi que vinha uma moto em alta velocidade e um carro preto. Eles acabaram se chocando e vieram para o nosso lado, nós recuamos, mas a moto nos pegou no canteiro central e nos jogou para a outra pista”.

O jornalista contou que não estava seguro para atravessar no local e, mesmo estando no local correto para fazer a travessia, acabou sendo atingido: “Não dá para confiar em faixa de pedestre, nós não confiamos, retornamos. Mesmo assim, o motociclista se chocou com o carro e nos pegou no canteiro central. É uma situação de risco que nós da imprensa acompanhamos sempre”.

Por meio de uma nota divulgada, a emissora afiliada da Record TV disse que está dando todo o suporte para os funcionários vítimas do acidente e concluiu desejando que o repórter e o cinegrafista se recuperem bem e rapidamente: “Desejamos a pronta recuperação dos colaboradores e que muito em breve possamos retomar a convivência com eles em nossa empresa”.