Fechar
ops!

Erick Jacquin perde o controle e se irrita com participante do ‘MasterChef’

Competidores foram desafiados a preparar pratos da gastronomia molecular

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

As avaliações dos pratos propostos pela produção é um dos momentos mais temidos pelos participantes doMasterChef Brasil. No episódio levado ao ar nesta terça-feira (30), Erick Jacquin perdeu a paciência com Daphne ao analisar o prato feito pela competidora na prova de eliminação do reality show culinário exibido pela Band. Eduardo foi o único que não correu o risco de deixar o programa, pois venceu a primeira etapa.

Os competidores tiveram que preparar pratos com combinações inusitadas de ingredientes, como manda a gastronomia molecular. A ex-MasterChef Júnior apresentou um purê de maçã com infusão de erva-doce e mel. No entanto, o empratamento acabou decepcionando o jurado, que classificou o visual como algo “horrível”, mas ressaltou que o sabor dos ingredientes estavam harmônicos.

“Eu acho horrível o teu negócio. Horrível porque sua sobremesa poderia ser muito boa, mas por que você colocou dentro de um bowl?”, questionou ele. Nervosa, Daphne não conseguiu responder de uma forma convincente a sua decisão na escolha do recipiente. Sem reação, a participante começou a rir de forma inesperada, o que deixou Erick Jacquin descontrolado nos estúdios da atração.

“É muito boa, tem um lado apimentado. Sua gelatina é perfeita, parece um espelho, é agradável. Mas você estragou dentro de um bowl horrível e desvalorizou seu trabalho. Você escondeu seu trabalho e isso aqui é imperdoável.”, disparou o jurado. Ao notar que a Daphne estava rindo, o francês não economizou nas críticas e ameaçou eliminá-la do “MasterChef Brasil”.

Continua após a publicidade

“Você pode dar risada, mas você pode perder o seu lugar por isso. Você pode ser mandada embora por isso, porque qualquer erro nesse ponto da competição, pode te dar a porta”, completou. Em depoimento gravado pela produção e exibido no episodio, a candidata atribuiu as risadas ao nervosismo provocado pela tensão da avaliação. “Eu não consigo ter reação e aí começo a rir de nervoso”, disse. (Veja a partir do minuto 24).

Henrique Fogaça reprovou a sobremesa da skatista. “A sua mousse mais uma vez tá muito doce, se tivesse um cítrico ou se tivesse pingado um limão aqui [apontando para o prato] amenizaria esse doce”. Já Helena Rizzo ressaltou que ela recheou o doce com gelatina, o que não era aconselhável. “Gelatina com recheio de gelatina?”, ironizou a substituta da ex-jurada, Paola Carosella.

Apesar das críticas recebidas, Daphne foi a melhor da prova de eliminação e subiu ao mezanino, onde celebrou com Eduardo. Já Tiago, não escapou das avaliações do trio de jurados do programa, e acabou sendo eliminado do “MasterChef Brasil”. Agora, apenas quatro competidores buscam o título de Melhor Cozinheiro Amador do país. Kelyn e Isabella completam a semifinal.

Na ocasião, Tiago fez um picadinho de carne e bolinho de arroz com banana descontruído. Erick Jacquin criticou o empratamento e disse que a ideia do candidato não era moderna. “Eu imaginei que fosse comida de Halloween [de tão feia], tá tudo explodindo, chernobyl? Eu nem sei como experimentar isso”, detonou.