Fechar
BRIGA NA JUSTIÇA

Evaristo Costa processa a CNN Brasil após ser demitido

Jornalista entrou na Justiça alegando danos morais e materiais

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O jornalista Evaristo Costa não ficou nada satisfeito com a maneira com que foi dispensado da CNN Brasil, emissora na qual atuou por cerca de um ano e meio após deixar a Rede Globo. Demitido do canal de notícias em setembro, o ex-âncora do Jornal Hoje resolveu entrar com um processo contra a CNN, acusando a empresa de desrespeito profissional e danos morais e materiais.

A informação é do colunista Ricardo Feltrin, do portal UOL, que teve acesso a informações do documento. Segundo ele, Evaristo Costa cobra na Justiça uma indenização de R$ 300 mil. Na época da demissão, o ex-contratado da CNN Brasil afirmou que ficou sabendo que não fazia mais parte do time de colaboradores por meio da mídia e não foi notificado pela empresa.

Na ação, o jornalista diz que o correto seria que ele fosse o primeiro a ser informado sobre a decisão da dispensa, e não a mídia. De acordo com Feltrin, a forma como o corte foi realizado pela direção foi considerada por Evaristo Costa como humilhante. Segundo a CNN, foram feitas todas as tentativas possíveis para que ele permanecesse na casa, mas, segundo a emissora, ele recusou todas as propostas feitas.

Ainda segundo o colunista, o processo ainda está em estágio inicial e não tem data prevista para um desfecho. Evaristo Costa, de 44 anos, foi um dos primeiros contratados da CNN Brasil e soube da demissão só depois que viu a notícia pela televisão. Quando voltou de férias, ele notou que seu programa já não estava na grade de programação da emissora.

Continua após a publicidade

Desapontado com a situação, ele usou suas redes sociais para desabafar sobre a situação. “Desde o dia 1º de setembro descobri que não faço mais parte da CNN. Sim, eu trabalhava na CNN, mas ao voltar das férias, assistindo a nova chamada de programação da emissora notei a falta do meu programa. Liguei pra saber o motivo e fui informado que ele havia sido retirado da grade e que a empresa não tinham mais interesse nos meus serviços“, disse.

Em nota, a CNN Brasil se pronunciou sobre a demissão do jornalista, que comandou durante anos o Jornal Hoje ao lado de Sandra Annenberg. De acordo com a emissora, a decisão foi tomada porque o CNN Séries Originais foi encerrado sem a renovação para mais uma temporada. Sendo assim, a empresa optou por não continuar com o ex-global neste projeto.

Por decisão estratégica e de programação, o CNN Séries Originais encerra sua temporada. Em virtude dessas mudanças, o contrato com o apresentador Evaristo Costa será encerrado. O jornalista contribuiu, até aqui, com seu talento, profissionalismo e carisma para a construção do sucesso da CNN Brasil”, diz o texto divulgado pela emissora na época.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff