Fechar

EXCLUSIVO Repórter da CNN é assaltado e tem contas ‘raspadas’ por bandidos

Alisson Negrini teve três contas de bancos distintos zeradas pelos bandidos. Em duas, ele conseguiu recuperar o dinheiro

Aline TorresRepórter do EM OFF

O repórter da CNN Brasil Alisson Negrini sofreu um assalto e teve suas contas bancárias invadidas. Os criminosos conseguiram transferir dinheiro e fazer empréstimos através dos aplicativos que estavam no telefone do jornalista.

O assalto aconteceu na Avenida Ipiranga, em São Paulo, depois que Negrini saiu de uma farmácia e passou por um trecho mal iluminado. Foi nesse momento que um homem aproveitou para abordá-lo, tomando o celular do repórter enquanto dois comparsas aguardavam mais distante.

Mesmo não sofrendo nenhum dano físico, o susto foi grande. O jornalista fez um boletim de ocorrência, mas mesmo assim os bandidos conseguiram fazer movimentações nas contas bancárias dele, gerando transtornos ao repórter.

As três contas que Negrini possui em bancos privados foram zeradas. No entanto, Itaú e Nubank já conseguiram resolver o problema e devolveram o dinheiro. Já na conta do Bradesco, os bandidos fizeram um pix de quase R$ 5 mil e um empréstimo no valor de R$ 25 mil, mas nada foi resolvido.

Continua após a publicidade

Mesmo com o boletim de ocorrência feito pelo jornalista, o Bradesco está postergando a resolução do problema. O banco afirma que Negrini precisa reconhecer o empréstimo feito pelos bandidos para poder receber o pix que eles fizeram.

Os bandidos conseguiram fazer os saques e o empréstimo sem usar senha, ou qualquer tipo de credencial. Em apenas dois anos de carreira, Alisson Negrini é repórter recém-contratado pela CNN em São Paulo e já trabalhou na Band Paulista e na afiliada da Globo em Bauru, a TV TEM.

Tags Relacionadas: