Fechar
TRAGÉDIA EM PERNAMBUCO

Falta de repórteres deixa Band em apuros e emissora recorre ao SBT

O canal de Johnny Saad tentou pedir ajuda a uma afiliada em Pernambuco, mas acabou recendo uma resposta negativa

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Em meio a uma das maiores tragédias ocorridas na história de Pernambuco, diversos profissionais da imprensa estão sendo deslocados até os locais mais atingidos pelas fortes chuvas que deixaram, até o momento, 91 mortos e diversos desaparecidos. Entretanto, não são todas as emissoras que estão conseguindo fazer a cobertura da forma que esperavam e teve até canal pedindo socorro para a concorrência.

Diante do desespero de milhares de pessoas sem teto, além da angústia por conta de familiares e amigos desaparecidos, jornalistas estão se virando como podem, mesmo com várias dificuldades, para conseguirem deixar os telespectadores atualizados sobre as consequências ocasionadas pelas tempestades. Porém, nem todo esforço é suficiente para suprir a demanda e o desespero acaba chegando até mesmo nas emissoras de TV.

Esse é o caso da Band, que está vivendo um verdadeiro sufoco para conseguir cobrir a tragédia em Recife. A emissora de Johnny Saad está encontrando muita dificuldade para fechar uma equipe em decorrência da escassez de profissionais disponíveis na região. Desesperada com a situação, a alta cúpula da Band precisou agir rapidamente na tentativa de amenizar os impactos.

Assim como diversas emissoras de televisão, a Band entrou em contato com uma de suas afiliadas para combinar a ida de repórteres para algumas regiões. Entretanto, ao contrário das concorrentes, acabou recebendo uma resposta nada animadora. Em crise, a TV Tribuna não concordou em ceder seus poucos profissionais por diversos fatores, inclusive o financeiro, e acabou deixando a Band numa grande enrascada.

Continua após a publicidade

Segundo informações divulgadas pelo portal Notícias da TV, houve até uma tentativa de contratação desses jornalistas de forma freelancer, mas a parceira não concordou. Sem muitas opções, a direção da emissora de Johnny Saad não pensou duas vezes antes de enviar dois jornalistas que atuam em São Paulo para Pernambuco. Além disso, solicitou a TV Manaíra, sua afiliada na Paraíba, mais um profissional para que a cobertura seja feita de forma satisfatória.

Ainda de acordo com o site, a situação ficou tão complicada quando a Band ouviu da TV Tribuna que não iria conseguir sequer auxiliá-la com a logística, sendo necessário o aluguel de veículos para o deslocamento dos repórteres. Desesperados com a recepção de sua parceira, a Band precisou pedir ajuda a TV Jornal, que afiliada do SBT e liberou alguns jornalistas a trabalharem como freelancers para concorrência.

EMOÇÃO

Em meio a um verdadeiro cenário de guerra deixado pelas chuvas, esconder a tristeza acaba se tornando uma missão quase impossível. Nesta segunda-feira (30), o repórter André Curvello, da Rede Globo, não conseguiu esconder a emoção ao descrever o local onde estava. O jornalista chegou a ficar sem palavras diante de alguns relatos de pessoas que estão sofrendo com a tragédia.