Fechar
NOVO CONTRATADO DA BAND

Faustão fala pela primeira vez sobre não poder se despedir na Globo

O apresentador revelou também detalhes sobre os últimos momentos na emissora carioca e como enxerga a decisão da Globo

Bruno PintoRepórter do EM OFF

O anúncio da saída de fausto Silva da Rede Globo, além de pegar muita gente de surpresa, acabou causando uma grande movimentação no mundo televisivo. Em meio a diversas especulações sobre o real motivo que fez a história entre o veterano e a emissora dos Marinho ganhar um ponto final, o silêncio acabou predominando e as dúvidas sobre uma possível rixa entre os lados aumentando.

Uma das curiosidades do adeus de Faustão a Globo, que deixou grande parte dos telespectadores indignados, foi o fato do apresentador não ter tido sequer a oportunidade de se despedir de seu público, após mais três décadas dedicados ao “Domingão do Faustão”. Depois de um longo tempo, e prestes a estrear seu novo programa na Band, o animador enfim quebrou o silêncio e falou sobre sua saída da Globo.

Em entrevista ao podcast Rap 77, Fausto Silva falou pela primeira vez sobre o seu desligamento, que acabou sendo antecipado pela emissora carioca sem qualquer justificativa. O apresentador revelou que, embora tenha saído daquela maneira, é indiscutível a sua felicidade durante os anos que passou na Globo: “Isso aí é uma coisa normal [a saída]. Não posso falar nada. Fiquei num lugar por 33 anos. Fui muito feliz lá”.

Além de deixar claro o quanto é grato pelas oportunidades, assim como os momentos especiais que viveu enquanto era contratado da Globo, Fausto Silva ressaltou o prazer que teve em poder trabalhar com profissionais que fazem parte da história TV: “Consegui trabalhar com gente como o Boni, foi o melhor presente que a vida me deu. Daniel Filho, Carlos Manga, Paulo Ubiratan… Trabalhei com gente que fez a televisão brasileira mesmo. Durante 33 anos”.

Continua após a publicidade

Em um determinado momento da conversa, Faustão revelou que, mesmo ainda sendo contratado da emissora dos Marinho, acertou o seu vínculo com a Band. Segundo ele, a atitude da Globo foi compreensível: “A partir do momento que eu me antecipei em dizer que ia voltar para a Band, é claro que eles não iam me deixar na vitrine. Não tem problema nenhum. Página virada e olhar para a frente”.

O apresentador contou que ficou balançado quando Johnny Saad, presidente da Band, o procurou e revelou todos os detalhes do que estava planejando para a emissora, que incluía uma reformulação na grade: “Eles precisavam de uma programação. Falei: ‘Depois de velho, vão me inventar essa história’. Eu estava numa praia que era a minha praia há bastante tempo, que era o domingo”.

Embora tenha ficado feliz com o convite, Fausto Silva revelou que disse ao presidente da Band que só iria topar fazer parte do projeto caso seu novo programa fosse algo diferente do “Domingão do Faustão”: “Para fazer o mesmo tipo de programa, não vale a pena. Vamos tentar fazer um programa diferente por dia. E é o que a gente vai tentar fazer. E, principalmente, levar alegria e otimismo”.

Assista a entrevista completa!