Fechar
Globo Esporte

Felipe Andreoli detona Maurício Souza ao vivo após falas homofóbicas

Apresentador do Globo Esporte criticou declarações do jogador de vôlei: “Atitude covarde”

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O apresentador Felipe Andreoli voltou inspirado hoje ao comando do Globo Esporte após um período de férias. O marido da influenciadora Rafa Brites aproveitou a oportunidade para detonar Maurício Souza, jogador de vôlei da seleção brasileira que fez declarações homofóbicas em seu perfil do Instagram. Devido às falas criminosas, o atleta acabou demitido do Minas Tênis Clube.

Maurício, homofobia não é opinião, é crime cara, mata. Você fez essa ofensa nas redes sociais onde você tem 300 mil seguidores, depois foi pedir desculpa numa que você tem 50?“, questionou o apresentador. “Atitude covarde né? Outra coisa, essa questão não é política, você não foi demitido do Minas porque você é conservador, de direita ou religioso, nem por causa da lacração da internet, você foi demitido porque você foi homofóbico e, pelo jeito, não se arrependeu“, detonou Andreoli.

Nas redes sociais, os telespectadores do Globo Esporte aprovaram a fala de Andreoli. “E o André Andreoli que acabou com Maurício? Socorro!”, escreveu a internauta Gabryele Timbó. “Felipe Andreoli fez um discurso importantíssimo a respeito do nojento do Maurício Souza, HOMOFOBIA É CRIME E NÃO OPINIÃO“, aplaudiu a telespectadora Carol Daphne no Twitter.

Que ‘tapa na cara’ foi esse que o Felipe Andreoli deu no Maurício Souza??? Andreoli foi perfeito na sua fala“, elogiou a internauta Keila Lima. “Muito bom o recado que o Felipe Andreoli mandou pro Maurício ao vivo na Globo“, aprovou a telespectadora Bárbara Martins. “Maurício levando um pito em rede nacional do Felipe Andreoli“, divertiu-se a internauta Taize Odelli.

Continua após a publicidade

Homofobia

A polêmica envolvendo o atleta Maurício Souza começou há cerca de duas semanas, quando a DC Comics anunciou que o novo Superman, Jon Kent, filho de Clark Klent, se descobrirá bissexual nas histórias em quadrinhos. O jogador de vôlei não gostou e fez críticas no seu perfil no Instagram. “A é só um desenho, não é nada demais… Vai nessa que vai ver onde vamos parar“, escreveu.

A fala homofóbica do jogador repercutiu negativamente. Patrocinadores pediram que o atleta apagasse a publicação e fizesse um pedido de desculpas. Maurício voltou ao Instagram e publicou um vídeo no qual não reconhece o erro e diz que em o direito de ter sua opinião sobre o assunto. A postura do jogador irritou o Minas Tênis Club, que optou pelo fim do contrato.

Nesta quinta-feira (28), Maurício Souza voltou as redes sociais e compartilhou uma nova provocação nas redes sociais. Ele publicou uma foto do Super-Homem beijando a Mulher Maravilha. Em uma outra publicação, o atleta do Minas Tênis Club isentou o clube de culpa e disse que os dirigentes tentaram segurá-lo na equipe, mas que precisaram ceder à pressão.

A culpa de tudo não é do minas! A culpa é da galera que não aceita mais opinião contrária a deles, qualquer coisa falada que não seja o que eles aprovam você é homofóbico e preconceituoso fato. A tolerância do outro lado é zero!”, escreveu o atleta na postagem. “Infelizmente, o time não aguentaria perder tantos patrocínios assim. E aí aconteceu o que aconteceu. Mas eles foram homens. São homens de verdade, que eu admiro“, disse no vídeo.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff