Fechar
ESTREIA EM ABRIL

Fernando Fernandes não quer ser ‘novo André Marques’ em ‘No Limite’

O antigo apresentador do reality show de sobrevivência foi muito criticado por grande parte dos telespectadores

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Desde a saída de André Marques do comando de “No Limite”, a Globo fez um grande mistério para anunciar o novo apresentador do reality show de sobrevivência. Depois de muitas especulações e um longo tempo analisando os nomes disponíveis, a emissora dos Marinho, inesperadamente, escolheu o atleta paralímpico Fernando Fernandes para a missão de comandar a nova temporada do programa.

A última edição da atração, que consagrou a ex-participante do “Big Brother Brasil” Paula a grande campeã, foi marcada pela chuva de comentários negativos a respeito de diversos pontos que desagradaram grande parte dos telespectadores, um deles foi a apresentação de André Marques. Ciente de tudo o que ocorreu na temporada transmitida em 2021, Fernando Fernandes já chegou dizendo que, neste ano, o “No Limite” será muito mais intenso.

Em entrevista ao “Fantástico” deste domingo (20), o novo apresentador do reality de sobrevivência revelou que em 2022 algumas dinâmicas permanecerão as mesmas, porém, com um toque especial que promete deixar a competição muito mais emocionante: “A gente tem um programa esse ano muito mais selvagem, muito mais intenso. É um jogo onde quem vai te eliminar é sua própria ‘família'”.

Fernando Fernandes, que ficou conhecido nacionalmente por sua participação na segunda edição do “Big Brother Brasil”, disse que, além de todo esforço que o corpo precisa fazer para conseguir concluir as provas pesadas, é necessário um psicológico saudável: “Além da resistência física, você tem que ter inteligência emocional, para fazer com que seu time esteja a seu favor, junto com você”.

Continua após a publicidade

O atleta relembrou sua trajetória na emissora dos Marinho, que começou há duas décadas: “Eu passei por uma escolinha aqui dentro da casa, dentro da Globo, que foi: Passei pelo Big Brother, né? Vinte anos atrás, depois eu fui para a faculdade, que foi o Esporte Espetacular. E, de repente, agora eu acho que eu chego na pós-graduação, que é apresentar um programa tão forte, tão intenso”.

O agora apresentador, que sofreu um grave acidente de carro em 2009 e acabou perdendo os movimentos das pernas, falou sobre uma grande mudança em sua vida: “No dia em que eu sentei em uma cadeira de rodas tudo virou novo para mim. Eu virei uma criança sedenta por conhecimento, por descobrir novos caminhos, novas coisas. A sociedade criou um limite para aquele que está sentado em uma cadeira de rodas. Eu falei: ‘não, não é esse limite. Quem vai definir o limite sou eu'”.

Feliz por ser o novo apresentador de um reality show que sempre assistiu, o medalhista olímpico descreveu a oportunidade como um dos maiores desafios de sua vida: “Sempre fui doido pelo programa, desde as primeiras temporadas. Depois de anos como um atleta do mundo outdoor, uma pessoa que ama estar no meio da natureza e que vive à beira do limite – e o ultrapassando o todo tempo, hoje me preparo para a maior oportunidade da minha vida”.

Por fim, Fernando Fernandes disse se esforçar muito para conseguir extrair o máximo que os participantes podem oferecer e concluiu falando que quer transmitir todo esse espírito esportivo para cada telespectador de “No Limite”: “Eu, como apresentador, tenho que estar pronto para viver essa experiência intensamente e conseguir levar toda a emoção dessa grande aventura para todo o Brasil”.